Com exceção das produções da Marvel, os filmes com Samuel L. Jackson geralmente são cheios de palavrões.

O intérprete de Nick Fury de Vingadores ficou conhecido como “o maior boca suja do cinema”.

No entanto, esse título não está mais correto – L. Jackson foi superado por dois atores bem conhecidos.


O rei dos palavrões

De acordo com o Buzz Bingo, o novo “rei dos palavrões do cinema” é Jonah Hill, astro de comédias como Superbad: É Hoje e Anjos da Lei.

O ator xingou 376 vezes em filmes, sendo que de mil palavras ditas por ele, 23 são palavrões.

O segundo colocado é Leonardo DiCaprio, que trabalhou com Hill em O Lobo de Wall Street, cheio de xingamentos de todos os tipos.

DiCaprio xingou cerca de 361 vezes na tela.

Enquanto isso, Samuel L. Jackson é o terceiro colocado, com 301 palavrões ditos em filmes.

Além disso tudo, foi revelado que O Lobo de Wall Street é o filme com mais xingamentos de todos os tempos, com Joias Brutas, com Adam Sandler, ficando em segundo lugar e Cassino vindo em terceiro.

Hill, o “rei dos palavrões”, foi cotado para interpretar o vilão Pinguim para The Batman, com Robert Pattinson, mas foi cortado do projeto depois de pedir um incrível salário de US$ 10 milhões (mais do que o dobro do que Pattinson vai receber).