Após quase 20 anos no papel do Wolverine, o filme Logan (2017) marcou a despedida de Hugh Jackman da pele do herói.

Seu desfecho, no entanto, não poderia ser mais trágico e emocionante: o personagem morreu brutalmente para salvar X-23.

Essa foi uma decisão pela qual alguns fãs provavelmente ficaram chocados e bastante surpresos, afinal, não é todo dia que vemos um herói tão importante morrendo no cinema.


Explicações

Em uma entrevista recente ao Comicbook.com, o diretor de Logan, James Mangold, revelou por que eles decidiram que matar o Wolverine de Hugh Jackman era o melhor caminho.

“O processo é muito menos um comitê do que você imagina. Éramos realmente Hugh Jackman e eu no começo. Parecia lógico, que, se fosse o último filme dele, que ele viajaria no horizonte ou morreria, é preciso ter algum tipo de cortina na história dele.

Essa é uma suposição lógica, certo? Mas a razão pela qual a escolha estava a nossos pés era porque você precisava da sensação de fechamento.

Você precisava de um senso de final se ia terminar, se estava lidando com o legado das muitas performances e filmes de Hugh e tentando definir essa parte de alguma maneira definitiva.”

Vale lembrar que, com a compra recente dos direitos da FOX pela Disney, Wolverine e os outros X-Men serão rebootados e inseridos no MCU em um futuro próximo.