Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis tem potencialpara ser um grande divisor de águas para o Universo Cinematográfico da Marvel na Fase 4.

A história de origem do Mestre do Kung Fu promete retirar a cortina da verdadeira face do sindicato dos dez anéis e seu líder, o Mandarim.

Ao fazer isso, muitos fãs esperam que Shang-Chi revele toda uma nova teia de influência maligna (criminosa e mística) que está em funcionamento no MCU.


Nova era

Com base em algumas fotos e vídeos recentes, parece que o filme também poderia abrir a porta para uma era inexplorada da Marvel nas telonas.

Esta cena mostra o protagonista chegando em um táxi para algum local decadente em uma cidade ou distrito asiático.

É apenas um momento rápido para mostrar o personagem chegando e saindo do táxi, aparentemente procurando algum tipo de pista.

Enquanto caminham, os personagens passam por uma parede com o ano 2020 impresso em grafite.

A questão agora é: esse grafite deveria fazer parte da cena do filme ou é apenas uma coincidência natural do local definido?

A razão pela qual essa pergunta precisa ser respondida é por causa do grande salto de tempo que ocorreu em Vingadores: Ultimato.

Depois que Thanos causou o estalo em Vingadores: Guerra Infinita (2018), houve cinco longos anos de uma Terra semi-morta antes de Scott Lang escapar do Reino Quântico em 2023 e dar início à série de eventos que trouxeram de as pessoas.

No momento, existem apenas histórias em quadrinhos / novelas ambientadas entre 2018 e 2023 do MCU, mas Shang-Chi pode ser o primeiro a mudar isso.

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis chega aos cinemas brasileiros em 29 de abril de 2021.