Apesar de ter trabalhado em ótimos papéis nos últimos anos, Robert Pattinson sempre ficará conhecido como o eterno Edward Cullen da saga Crepúsculo.

O astro viveu o vampiro protagonista durante os cinco filmes da franquia e, goste você ou não da saga, os longas ajudaram na ascensão de Pattinson ao estrelato.

O que muita gente não sabe, é que a escritora e criadora de Crepúsculo, Stephenie Meyer, teve uma visão clara de como ela queria que Edward Cullen aparecesse, e seu ator perfeito para isso era Henry Cavill.


Ele nunca foi abordado por ela nem pelos produtores, e já era velho demais para interpretar um eterno vampiro de 17 anos.

Meyer depois lamentou ter perdido seu “Edward perfeito” e propôs que ele interpretasse Carlisle, mas, novamente, Cavill nunca recebeu formalmente nenhum papel na Saga Crepúsculo.

Crepúsculo seria melhor ou pior com Henry Cavill?

Os problemas da saga Crepúsculo eram muitos: a história era muito falha, os personagens não estavam bem desenvolvidos e a qualidade dos filmes diminuía muito à medida que a história avançava.

O que manteve a franquia à tona foi a sua leal base de fãs, que cresceu depois que os filmes foram lançados.

Mas entre as falhas, existem alguns revestimentos de prata que podem ser encontrados, como o que significou para as carreiras de seu elenco principal, especialmente Kristen Stewart e Robert Pattinson.

Ambaos eram as maiores estrelas da época e viveram sob os holofotes por anos – a fama era tanta, que cheogu ao ponto de Pattinson não ter coisas boas a dizer sobre sua experiência em Crepúsculo.

Ainda assim, os fãs de Edward Cullen têm muito a agradecer a Pattinson. Interpretar o personagem como uma alma torturada foi a idéia do ator, que provou ser ótima, pois teve um grande impacto sobre os espectadores, especialmente aqueles que não conhecem os livros.

Embora Henry Cavill não fosse um novato e tivesse experiência no gênero dramático, ele não teria dado a Edward o que Pattinson fez, e o impacto da Saga Crepúsculo como um todo não teria sido o mesmo.

Além disso, a química de Stewart e Pattinson era única e não poderia ter sido replicada se outra pessoa tomasse o lugar de Pattinson.

Supondo que tudo funcionasse de maneira diferente e Henry Cavill interpretasse Edward Cullen, seu futuro na DC poderia ter sido afetado, e ele poderia nunca ter usado o traje do Superman.

Além disso, tambem existe a possibilidade de que, se Robert Pattinson não tivesse vivido Edward, ele poderia nunca ter assumido o papel do Batman nas telonas.

Já imaginou como as coisas seriam diferentes?