Bohemian Rhapsody chegou aos cinemas em 2018, e se tornou um dos melhores filmes biográficos já feitos.

O filme contou a história da formação da banda Queen, uma das maiores da história, e principalmente do vocalista Freddy Mercury.

O longa rendeu US$ 900 milhões em bilheteria, além de quatro Oscar, incluindo o de Melhor Ator para Rami Malek.


Sequência?

Enquanto alguns fãs gostariam de ver uma sequência da história, o guitarrista e compositor do Queen, Brian May, indicou que isso não deve acontecer.

“Não achamos que haja outro filme lá”, disse ele à Rolling Stone. “Acho que devemos procurar em outro lugar.”

Ele continuou: “Existem outras ideias que tivemos, mas acho que não haverá uma sequência. Mas nós olhamos isso muito a sério.

“Não estou dizendo que é impossível, porque há uma ótima história, mas não achamos que essa seja a história que queremos contar no momento”.

Freddie Mercury morreu em 24 de novembro de 1991, tendo sucumbido a um ataque de pneumonia brônquica.