Tom Cruise fechou a parceria mais ambiciosa do cinema moderno. O ator de Missão Impossível vai para o espaço gravar um filme.

Para conseguir realizar o grande desafio, Tom Cruise terá o apoio da NASA e da SpaceX, a empresa de Elon Musk. Se o projeto funcionar, pode mudar o cinema para sempre.

Por enquanto, a ideia parece avançada. Além de Tom Cruise, o filme, ainda sem título, terá a direção de Doug Liman, de No Limite do Amanhã.


O ator e as empresas, porém, não deram mais detalhes do grande projeto. Além disso, o filme de Tom Cruise no espaço conta com grandes desafios.

Os desafios de Tom Cruise no espaço

Mesmo com a ajuda da NASA e da SpaceX, a primeira dificuldade é o orçamento. Gravar no espaço pode fazer com que cada cena custe uma fortuna.

Esse alto valor também está ligado a dificuldade de filmar no espaço. A Estação Espacial Internacional não dá qualquer garantia de que capturar as cenas seja um trabalho fácil.

Em 2008, Richard Garriott gravou o curta Apogee of Fear no espaço. Apenas para o diretor ficar duas semanas no espaço foram gastos US$ 30 milhões.

Para o curta de apenas 8 minutos, Garriott precisou de um detalhado plano.

“Quando você pensa sobre um filme, a pré-produção é essencial. Você planeja cada cena e a equipe está no set, então você pode ser o mais eficiente possível gravando. No espaço, é muito pior. Não apenas porque cada momento da equipe é muito mais caro, mas também é mais difícil capturar as cenas”, contou Garriott ao CNET.

O cineasta contou que um simples enquadramento é algo desafiador no espaço.

Outro ponto é que a captura de áudio no espaço é um pesadelo. Para superar a dificuldade, ou o filme de Tom Cruise com a NASA e a SpaceX terá poucos diálogos ou terá uma boa edição para o áudio – com uma dublagem, possivelmente.

Garriott também relatou que o ambiente da microgravidade é um problema. Tudo se move lentamente na Estação Espacial.

Assim, se Tom Cruise pensa em um épico de ação, as gravações podem demorar mais que o normal ou simplesmente podem não funcionar.

Por outro lado, a experiência de Garriott foi ainda em 2008. A NASA e a SpaceX podem ter desenvolvido outros métodos – o que daria mais segurança ao filme de Tom Cruise.

O filme de Tom Cruise no espaço ainda não tem data de lançamento.

Enquanto isso, o astro volta em Top Gun: Maverick, que chega em 25 de dezembro nos cinemas.