Vilão da Marvel cria grande erro em filme do Homem-Aranha

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Homem-Aranha: Longe de Casa apresentou o Mysterio (Jake Gyllenhaal), um tipo diferente de vilão que confiava na tecnologia para criar o caos e receber o crédito por salvar o mundo.

No entanto, por mais impressionantes que fossem suas ilusões, os danos criados por eles acabaram deixando um buraco na trama.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mysterio fez o mundo acreditar que os Elementais estavam causando todos os tipos de caos pelo mundo e ele era o único capaz de derrotá-los.

Beck afirmou que os Elementais eram entidades superpoderosas da Terra-833 que chegaram a este mundo através de uma fenda interdimensional causada pelo estalo de Thanos.

Esses seres foram formados a partir dos elementos primários – ar, água, fogo, terra – e seus ataques foram baseados neles.

Furo de roteiro?

Os Elementais foram intimidadores e criaram muitos danos ao redor do mundo – e foi isso que criou o buraco na trama.

Uma vez que foi revelado que eles não eram nada além de hologramas complexos e cuidadosamente elaborados projetados por exércitos de drones, todo o dano causado por eles realmente não faz sentido.

Causar danos com água em Veneza, ou destruir o carnaval com fogo, nada disso parece que seria possível com hologramas.

Homem-Aranha: Longe de Casa não dá uma explicação, criando assim um buraco na trama, mas os fãs teorizaram que a tecnologia de Mysterio era tão avançada que seus drones estavam armados.

É improvável, no entanto, que o MCU responda isso em Homem-Aranha 3 ou qualquer outro filme em um futuro próximo, para que os fãs tenham suas próprias explicações sobre como Mysterio conseguiu destruir cidades com sua tecnologia.

Estrelado por Tom Holland, Homem-Aranha 3 deve chegar aos cinemas em 28 de outubro de 2021.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio