O filme 365 Days (365 DNI) levanta polêmica na Netflix. Apesar de ser comparado com 50 Tons de Cinza por causa das cenas quentes, o longa cria grande discussão.

Para críticos, a história envolve assuntos sensíveis, que são tocados de forma irresponsável (entenda mais aqui). Até por isso, uma petição foi criada para que 365 Days seja removido da Netflix.

Mesmo assim, o hit polonês parece que vai ter uma continuação. O TMZ obteve uma filmagem do ator Michele Morrone comentando sobre o assunto.


O astro da Netflix confirma a sequência de 365 Days. A conversa obtida pelo site vem da plataforma HalaHi, do Oriente Médio, em que fãs podem comprar vídeos personalizados de famosos.

“A resposta é sim. Nós estamos filmando uma segunda parte”, diz o famoso.

Apesar da confirmação, não há um cronograma de gravações por causa do coronavírus (COVID-19). A informação é que 365 Days 2 acontecerá novamente na Itália.

365 DNI está na Netflix

Baseado no livro de Blanka Lipinska, 365 Days (365 DNI) é descrito como a resposta polonesa ao hit que 50 Tons de Cinza virou no país europeu.

A trama segue a jovem Laura, que está de férias na Itália. Porém, tudo sai errado e ela é sequestrada na Sicília.

Massimo, o sequestrador, é o jovem líder da máfia italiana. Ele tenta fazer Laura se apaixonar por ele em 365 dias – por isso o nome do filme da Netflix, 365 Days (365 DNI).

Anna-Maria Sieklucka vive Laura no filme da Netflix. Enquanto isso, o mafioso é interpretado por Michele Morrone.

A direção e o roteiro de 365 Days são de Barbara Bialowas.

365 Days (365 DNI) está disponível na Netflix.