No mundo do cinema, especialmente em filmes de ação e aventura, dublês são extremamente necessários. Keanu Reeves sabe bem disso, e conta com uma relação próxima com esses profissionais.

Em uma entrevista recente, o dublê e ator Jeremy Fry, que trabalha com Reeves na franquia John Wick, contou tudo sobre o trabalho no set, as gravações das cenas mais perigosas e sua relação de amizade com o astro.

Fry é um profissional conhecido na área, e já atuou ao lado de grandes astros e diretores de Hollywood.


Confira tudo sobre a entrevista abaixo!

De perder o fôlego!

Na entrevista com o jornal britânico, Jeremy Fry revelou qual foi a cena mais difícil nas gravações de John Wick. O momento em questão aconteceu no segundo filme da saga.

“Foi a cena de John Wick 2, a que ele encontra o Mustang. Nosso objetivo era tentar fazer com que a cena parecesse ser gravada em uma locação maior. O piso no armazém era três pés menor do que a parte externa do estacionamento. Então eles tiveram que construir essa rampa como parte do prédio. Depois, eles juntaram todas as gravações e ficou muito legal. Por algum motivo, essa cena foi uma das mais difíceis e mais interessantes que eu já gravei”, contou Fry.

O ator também falou sobre Keanu Reeves, e revelou que a fama de boa praça do ator não é apenas um boato. O astro é realmente uma ótima pessoa.

“Ele é caridoso, humilde e trabalha sem parar. Tudo de bom que vocês já ouviram sobre ele é 110% verdade”, afirmou o dublê.

Fry também contou que Keanu entende muito bem as atribuições dos dublês, e dá sugestões às maneiras como as cenas são gravadas.

“Houve uma cena na qual queríamos que a câmera chegasse por trás do Keanu Reeves. Nós trabalhamos com ele nessa sequência por um bom tempo. O que queríamos fazer era difícil, mas ele arrasou.

Para finalizar, Jeremy Fry contou sobre os perigos da profissão, mas salientou que tudo é feito com muita responsabilidade, preparo e treinamento.

“Quando você grava as grandes sequências de ação, é claro que as chances de ocorrer um acidente são maiores. Não é a mesma coisa filmar uma cena de luta, na qual o máximo que pode acontecer é você levar um sopapo acidentalmente. Agora, quando você está dirigindo em uma rampa a quase 100 quilômetros por hora, as chances de se machucar são maiores”, contou Fry.

John Wick 4 já está confirmado, e deve estrear em 2022.