Alerta de spoiler!

The Walking Dead é uma série conhecida por cenas explícitas de violência e gore. Apesar dos fãs estarem acostumados, de certa forma, até o elenco às vezes questiona e acha que a coisa foi um pouco longe demais.

Andrew J. West falou sobre isso no podcast Talk Dead To Me. Ele relembrou o episódio do qual participou na quinta temporada, em que fazia o canibal Gareth, líder da gangue Terminus.

Na ocasião, o personagem prendeu os amigos de Rick Grimes (Andrew Lincoln) e ameaçou desmembrá-los. Isso não aconteceu, mas Gareth ainda assim teve cenas em que cortava os pescoços de algumas vítimas. Posteriormente, o grupo de heróis acabou com a gangue violentamente.


O ator afirma ter conversado com o diretor do episódio, Greg Nicotero, questionando quanto daquilo realmente iria para o ar.

“Quanto disso nós vamos ver?”, Andrew J. West perguntara, pensando que a emissora AMC jamais deixaria tudo aquilo passar na TV. Mas deixaram, e o diretor estava mesmo confiante de que deixariam.

“Bagunçou todas as linhas”, o ator contou. “De repente você ficou tipo, o que está certo neste mundo? Como você calibra um compasso moral?”.

Gareth | The Walking Dead TV-series Wikia | Fandom

Rick Grimes pode retornar logo para The Walking Dead

Apesar do choque que foi a saída de Andrew Lincoln do papel do protagonista de The Walking Dead, a série conseguiu se manter ativa e com uma temporada empolgante para os fãs.

Os saudosos do personagem podem esperar um retorno em breve: a AMC anunciou que os filmes programados para expandir a história da série não serão mais exibidos nos cinemas.

Assim, é provável que se tornem episódios especiais de longa duração da série, o que permite uma volta de Rick Grimes mais cedo do que o previsto.

The Walking Dead está atualmente em sua décima temporada e o último episódio está com a produção pausada devido à pandemia do novo coronavírus.