Trabalhar com Tom Cruise pode ser uma pressão para muitos famosos. Imagine, então, atuar ao lado do astro em uma continuação esperada como Top Gun: Maverick.

Para alguns, isso pode ser sinal de paranoia. Ao menos, é como se sente Jennifer Connelly, que estará na continuação.

Em Top Gun: Maverick, como já adiantado pelo estúdio, Pete, o personagem de Tom Cruise, não estará mais com a personagem Charlie, de Kelly McGillis. O piloto estará flertando com Penny, vivida por Jennifer Connelly, que é dona de um bar frequentado por ele.


Mesmo sendo uma estrela em Hollywood, Jennifer Connelly comentou ao Extra a pressão que teve ao ser o par romântico de Tom Cruise em Top Gun: Maverick.

“Eu nunca vi alguém trabalhar tanto, ser tão comprometido no trabalho. Todo momento é uma oportunidade dele fazer tudo que ele sabe da melhor maneira possível”, declarou a atriz.

Essa preparação de Tom Cruise fez a atriz ficar preocupada com o papel.

“Eu nunca estive tão paranoica em saber minhas falas. Precisa de organização. Ele é muito preparado. O tempo inteiro”, completou Jennifer Connelly.

Top Gun: Maverick em breve

Top Gun: Maverick marca a volta de Tom Cruise ao papel de Pete, 34 anos depois do lançamento do filme original, Top Gun: Ases Indomáveis.

No novo filme, o personagem de Tom Cruise, um piloto clássico, prova que o humano é ainda o mais importante dentro da evolução tecnológica – em um mundo onde drones e outros aparatos começam a ganhar destaque.

Além disso, Pete vira um mentor para uma nova geração de pilotos. Esses jovens podem ter ligação com o passado do personagem de Tom Cruise.

O elenco da continuação ainda traz Val Kilmer, Ed Harris, Jon Hamm, Miles Teller, Glen Powell e Manny Jacinto.

A direção é de Joseph Kosinski, com roteiro de Peter Craig, Justin Marks e Eric Warren Singer.

Top Gun: Maverick chega em 25 de dezembro nos cinemas.