O Esquadrão Suicida de 2016 passa por uma situação parecida com a Liga da Justiça de 2017. O filme foge da ideia planejada pelo diretor.

Em diversas entrevistas e nas redes sociais, David Ayer deixou claro que o filme exibido nos cinemas não tem a visão que ele pensou para o filme da DC. Personagens seriam diferentes e teriam outros arcos.

Entre essas declarações, Ayer faz questão de afirmar que o Coringa de Jared Leto foi injustiçado. O vilão foi massacrado pelo público e pelos críticos, tanto que o ator não deve mais voltar ao papel.


No Twitter, o diretor da DC voltou a contar como o Coringa de Esquadrão Suicida seria sombrio. O cineasta revelou uma cena pesada de Esquadrão Suicida.

O Coringa de Jared Leto ia fazer um personagem tirar a própria vida. A revelação foi feita quando um fã pediu se o vilão realmente matou o Monster T, interpretado por Common, ou se a morte foi falsa.

“É uma cena longa e o Coringa o intimidaria até ele se matar”, descreveu o diretor da DC.

Confira abaixo.

Novo Esquadrão Suicida

Ao contrário de Liga da Justiça, Esquadrão Suicida ganhará uma nova tentativa no cinema. O filme terá roteiro e direção de James Gunn, de Guardiões da Galáxia da Marvel.

Apesar do novo filme da DC estar confirmado, ainda não está claro qual será a história do longa.

Do primeiro Esquadrão Suicida, que não será lembrado na nova história, além de Margot Robbie como Arlequina, há ainda os retornos de Jai Courtney como Capitão Bumerangue, Joel Kinnaman como Rick Flag e Viola Davis como Amanda Waller.

Will Smith, por sua vez, não retorna nesse novo filme.

Já os novos integrantes do elenco são Idris Elba, John Cena, Michael Rooker, Storm Reid, Pete Davidson, Taika Waititi, Alice Braga, Flula Borg, Daniela Melchior, David Dastmalchian, Jennifer Holland, Nathan Fillion e Sean Gunn.

O novo Esquadrão Suicida deve chegar em agosto de 2021. Enquanto isso, a Liga da Justiça volta com a versão de Zack Snyder, também no ano que vem, mas no HBO Max.