David Ayer, diretor do Esquadrão Suicida de 2016, voltou a defender Jared Leto no Twitter. No filme da DC, o ator viveu o Coringa.

Quando o longa chegou aos cinemas, o Coringa de Jared Leto foi bastante criticado pelo público. O visual e o comportamento do vilão da DC não agradaram muitos fãs.

Para o diretor da DC, a culpa não é de Jared Leto. O grande responsável pelo fracasso do vilão foi o próprio estúdio.


Em outras ocasiões, Ayer deixou claro que tinha outra visão para Esquadrão Suicida. Porém, o filme sofreu modificações.

O diretor de Esquadrão Suicida voltou a comentar sobre isso ao responder um fã da DC que quer Jared Leto de novo como Coringa. O internauta também acredita que o ator foi injustiçado e que merecia aparecer em mais longas.

Jared Leto foi maltratado durante o filme. Ninguém viu a performance dele. Foi arrancada do filme”, escreveu o diretor.

Confira abaixo.

A DC e Jared Leto não se pronunciaram sobre a nova declaração do cineasta.

Jared Leto volta na DC?

O Coringa de Jared Leto não deve mais voltar na DC. A informação é de que o ator não pretende mais ser o personagem.

Um novo Esquadrão Suicida está em produção na DC. O que se sabe é que o Coringa, mesmo com outro ator, também não tem envolvimento com o projeto.

Apesar do novo filme da DC estar confirmado, ainda não está claro qual será a história do longa.

Do primeiro Esquadrão Suicida, que não será lembrado na nova história, além de Margot Robbie como Arlequina, há ainda os retornos de Jai Courtney como Capitão Bumerangue, Joel Kinnaman como Rick Flag e Viola Davis como Amanda Waller.

Já os novos integrantes do elenco são Idris Elba, John Cena, Michael Rooker, Storm Reid, Pete Davidson, Taika Waititi, Alice Braga, Flula Borg, Daniela Melchior, David Dastmalchian, Jennifer Holland, Nathan Fillion e Sean Gunn.

A direção e o roteiro são de James Gunn, de Guardiões da Galáxia.

O novo Esquadrão Suicida deve chegar em agosto de 2021.