Além de se envolver em diversas polêmicas, confusões e controvérsias, Johnny Depp se estabeleceu em Hollywood ao interpretar diversos personagens excêntricos, como o Capitão Jack Sparrow de Piratas do Caribe e o Willy Wonka do remake de A Fantástica Fábrica de Chocolate, por exemplo.

Ao viver Willy Wonka, Depp adotou um estilo bem diferente do de Gene Wilder, que havia interpretado o protagonista da primeira adaptação do livro de Roald Dahl.

Na época do lançamento de A Fantástica Fábrica de Chocolate, muitos críticos compararam a atuação de Johnny Depp com o estilo real de Michael Jackson. Em uma entrevista, o ator revelou se o Rei do Pop inspirou sua visão de Willy Wonka.


Confira abaixo!

Inspiração

Para a surpresa de muitos fãs, Johnny Depp afirmou que Michael Jackson não fez parte de sua lista de inspirações para a construção cênica e psicológica de Willy Wonka.

“Esse pensamento nunca passou pela minha mente. Nunca pensei nisso, mas honestamente, é muito interessante. A percepção de muitas pessoas foi essa”, afirmou o ator.

De acordo com Depp, fãs falaram sobre a semelhança e a comparação veio como uma surpresa.

“Algumas pessoas mencionaram, e eu realmente fiquei surpreso. Não esperava isso, já que o Michael Jackson não foi uma inspiração para o personagem”, contou Depp.

Johnny Depp viu mais similaridades entre Willy Wonka e Howard Hughes, principalmente pelo comportamento obsessivo do mestre da fábrica.

Howard Hughes foi um importante e influente produtor da Era de Ouro de Hollywood, conhecido por seu comportamento excêntrico, casos extraconjugais, amor por aviões e fobia de germes.

Depp também relatou que apresentadores infantis, como Mr. Rogers, foram a principal fonte de influência para Willy Wonka.

“Eu me lembro direitinho da maneira como eles falavam para a câmera, para as crianças. Eu sempre achei isso muito bizarro, mas muito interessante ao mesmo tempo. Eles conseguiam manter o interesse e a atenção das crianças”, esclareceu o ator.