Autora de Harry Potter, J. K. Rowling se envolveu em várias polêmicas recentemente por suas declarações tidas como transfóbicas no Twitter.

Ela não voltou atrás nos comentários e, deixando alguns fãs ainda mais nervosos, defendeu sua argumentação mais uma vez. Para uma parte do público, seu nome devia ser afastado da franquia que criou.

Até o momento, não se sabe o que vai acontecer com Rowling e Harry Potter, mas enquanto isso, o Observatório do Cinema descobriu uma curiosidade interessante sobre a autora.


Livro secreto

Rowling sempre gostou da ideia de escrever livros usando pseudônimos. Em 2013, um de seus livros secretos foi descoberto.

Foi exposto que O Chamado do Cuco, de Robert Galbraith, tinha na verdade sido escrito pela criadora de Harry Potter.

O que é mais estranho nesse caso é que Galbraith não era só mais um pseudônimo de Rowling. Ela criou todo um passado para o “suposto ex-membro do Departamento Especial de Investigação da Polícia Militar Real”.

“Robert Galbraith deixou as forças armadas em 2003 e trabalha desde então na indústria de segurança civil. A ideia para o livro surgiu diretamente de suas próprias experiências como um militar que voltou ao mundo civil”, revelou a editora Mulholland Books à CNN.

Mais tarde, a imprensa descobriu que J. K. Rowling estava por trás do livro, e a escritora admitiu que realmente era de sua autoria.

“Eu esperava manter esse segredo por mais tempo, porque ser Robert Galbraith foi uma experiência muito libertadora! Foi maravilhoso publicar um livro sem exageros ou expectativas, apenas usando um nome diferente”, disse em um comunicado.

O Chamado do Cuco recebeu vários elogios quando foi publicado. Depois que foi revelado que J. K. Rowling era a autora, as vendas curiosamente tiveram um grande impulso.

O próximo projeto de J. K. Rowling é no cinema – em Animais Fantásticos 3, novo derivado de Harry Potter.

Rowling volta como co-roteirista da nova sequência. A estreia deve acontecer em 12 de novembro de 2021.