A franquia de Piratas do Caribe está em uma situação muito complicada no momento.

Afinal de contas, Johnny Depp deve ou não voltar como Capitão Jack Sparrow, o maior ícone da saga?

É claro que os fãs ficariam muito empolgados com seu retorno, mas é muito mais difícil do que parece.


O próprio ator se encontra em uma situação delicada: foi acusado de agressão quando se separou da também atriz Amber Heard, mas a cada mês novas reviravoltas são divulgadas sobre este caso.

Fato é que a Disney quer dar uma nova cara à franquia, com ou sem Johnny Depp – e se ele voltasse, teria que ser em um papel reduzido.

A melhor volta para Sparrow

O Observatório do Cinema aposta em uma resolução potencialmente satisfatória para este problema: trazer Depp de volta, mas matando Capitão Jack Sparrow.

Depp sempre foi o grande destaque da saga, e muitos argumentam até que carregou nas costas os capítulos mais fracos.

Seria estranho simplesmente “esquecê-lo”. A Disney deveria trazer o ator de volta para mais um filme, com um tipo de “passagem de tocha” para uma nova geração.

Com Sparrow morrendo de um jeito heroico para que uma nova pessoa seja o novo ponto de destaque de Piratas do Caribe, ele teria um encerramento satisfatório, ao mesmo tempo em que ajudaria a franquia a dar novos passos.

Parece clichê, mas talvez esse seja o jeito menos controverso de abordar a aparição do Capitão Jack Sparrow em Piratas do Caribe 6.

O novo filme de Piratas do Caribe está sendo desenvolvido por Craig Mazin (Chernobyl) e Ted Elliott (Shrek).

A atriz Karen Gillan, de Guardiões da Galáxia, é cotada para interpretar uma nova personagem, que deve se tornar a estrela da franquia.

Ainda não há data de lançamento para o novo filme de Piratas do Caribe.