Por que Top Gun, com Tom Cruise, matou Goose? Real motivo é revelado

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Top Gun: Ases Indomáveis, de 1986, marcou uma geração e também a carreira de alguns atores, como Tom Cruise e Val Kilmer. Um dos momentos marcantes do longa com certeza é a morte de Goose.

O personagem é tão importante para história que ele, de certa forma, estará presente na continuação. Top Gun: Maverick terá o filho de Goose.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No filme original, Goose é considerado o único amigo de verdade de Pete. O personagem de Tom Cruise apresenta uma personalidade arrogante até perder quem ele considerava o único irmão que tinha.

Sendo assim, a morte de Goose é marcante para Top Gun e fundamental para trama. Anthony Edwards, o intérprete do personagem, até explicou ao Yahoo! Movies o motivo dele ser morto no longa.

“A jornada de Goose é tragicamente maravilhosa porque você gosta muito dele. Você fica, ‘Por que ele tem que morrer?’. Mas, é a forma de contar a história, você tem que fazer o herói sofrer e se superar”, declarou o ator.

Ou seja, Goose teve que ser morto para que o personagem de Tom Cruise encontrasse o seu próprio caminho.

Top Gun: Maverick em 2020

No novo filme, o personagem de Tom Cruise, um piloto clássico, prova que o humano é ainda o mais importante dentro da evolução tecnológica – em um mundo onde drones e outros aparatos começam a ganhar destaque.

Além disso, Pete vira um mentor para uma nova geração de pilotos. Esses jovens podem ter ligação com o passado do personagem de Tom Cruise.

O elenco da continuação ainda traz Val Kilmer, Jennifer Connelly, Ed Harris, Jon Hamm, Miles Teller, Glen Powell e Manny Jacinto.

A direção é de Joseph Kosinski, com roteiro de Peter Craig, Justin Marks e Eric Warren Singer.

Top Gun: Maverick chega em dezembro nos cinemas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio