Rogue One: Veja como ator morto há 20 anos foi “ressuscitado” no filme

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Industrial Light and Magic, empresa responsável pelos efeitos visuais de Rogue One: Uma História Star Wars, divulgou um vídeo que detalha como o Governador Tarkin foi recriado no filme.

Originalmente interpretado por Peter Cushing, morto há 20 anos, o personagem dessa vez foi encarnado pelo ator Guy Henry, por meio de captura de movimentos, que posteriormente teve seu rosto digitalmente substituído pelo de Cushing.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Confira:

Sucesso de Rogue One

Originalmente lançado em 2016, Rogue One: Uma História Star Wars é a quarta maior bilheteria da saga, com o total de US$ 1,056 bilhão.

Só ficam atrás de Rogue One: Uma História Star Wars os filmes Star Wars: O Despertar da Força (que faturou pouco mais de US$ 2,06 bilhões pelo mundo), Star Wars: Os Últimos Jedi (US$ 1,332 bilhão) e Star Wars: A Ascensão Skywalker (US$ 1,074 bilhão).

Han Solo: Uma História Star Wars, segundo derivado da saga, chegou aos cinemas em 2018 mas, ao contrário de Rogue One, se tornou um fracasso de bilheteria, arrecadando pouco menos de US$ 400 mil pelo mundo.

Não há previsão para novos derivados de Star Wars.

Enquanto isso, a saga oficial vai iniciar uma nova trilogia. Os próximos filmes de Star Wars têm estreias marcadas para dezembro de 2022, dezembro de 2024 e dezembro de 2026.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio