O papel de Ryan Reynolds em Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw não foi importante, mas certamente foi memorável.

Embora seu agente da CIA, Locke, tenha aparecido apenas em algumas cenas breves, parece que a recepção à sua participação não creditada foi forte o suficiente para convencer a Universal a trazê-lo de volta em um futuro filme de Velozes e Furiosos.

De acordo com o We Got This Covered, o estúdio quer que a estrela de Deadpool da Marvel encabece seu próprio derivado de Velozes e Furiosos.


Possível derivado nos planos

Aparentemente, eles já iniciaram conversas com ele e esperam que Dwayne Johnson, o The Rock, volte também para o projeto, reprisando seu papel como Luke Hobbs.

Embora Johnson tenha se tornado a estrela mais lucrativa da franquia, esse derivado é considerado focado diretamente no Locke de Reynolds, com Hobbs supostamente em um papel de apoio.

Ainda não se sabe se outros personagens da série farão uma aparição e é improvável que os detalhes da história sejam finalizados nesta fase inicial, mas parece que o projeto é definitivamente algo que a Universal quer que aconteça caso Reynolds assine o contrato.

É claro que Velozes e Furiosos continua sendo uma das maiores franquias do estúdio nas bilheterias, por isso não é surpresa que agora eles estejam traçando planos para expandir a saga.

Além desse possível filme de Locke, também é dito que um derivado dedicado a Han está nos planos e Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw 2, é claro, já está em desenvolvimento ativo.

Vale destacar que essas novas informações não foram confirmadas e, portanto, devem ser consideradas como rumores, especialmente porque o We Got This Covered não é a fonte mais privilegiada.

Dirigido por Justin Lin, Velozes e Furiosos 9 chegará aos cinemas em abril de 2021.