Vingadores: Ultimato foi o filme mais bem sucedido de 2019 por razões simples e importantes: o longa conseguiu dar um fim épico para a Saga do Infinito e garantir a continuidade do MCU por muitos e muitos anos no futuro.

O filme conta com alguns dos momentos mais icônicos da Marvel, como o Capitão América empunhando o martelo de Thor e seu escudo ao mesmo tempo.

Desde sua contratação para viver o Capitão América em seu primeiro filme solo, Chris Evans se estabeleceu como um dos atores mais conceituados (e bem pagos) de Hollywood.


Confira abaixo a variação do salário de Chris Evans desde sua primeira aparição na Marvel!

Milionário

Chris Evans fez sua primeira aparição no MCU em 2011, como Steve Rogers em Capitão América: O Primeiro Vingador. O ator quase chegou a recusar a proposta da Marvel, com medo de se prender a um contrato muito longo.

Quase 10 anos depois, Chris Evans se despediu do MCU com uma performance incrível em Vingadores: Ultimato.

A trama do Capitão América termina com Steve Rogers retornando ao passado e vivendo sua história de amor com Peggy Carter, antes de voltar como idoso ao futuro para passar seu escudo para Sam Wilson.

“Não posso dizer que não vou voltar nunca, já que amo demais esse personagem. No entanto, existem outros projetos que eu quero desenvolver agora. Acho que a jornada do Capitão América está completa, mas nunca sabemos o futuro”, afirmou o ator sobre seu possível retorno ano MCU.

Antes de entrar para o MCU, Chris Evans já havia participado de vários filmes populares, como Não É Mais Um Besteirol Americano e Quarteto Fantástico. A Marvel, no entanto, foi essencial para a construção da fortuna do ator.

Em 2011, Chris Evans ganhou cerca de 300 mil dólares para viver o Capitão América em seu primeiro filme solo.

Já em 2019, com a estreia bombástica de Vingadores: Ultimato (que fechou sua semana de estreia com mais de 1 bilhão de dólares nas bilheterias), Chris Evans ganhou de 20 a 30 milhões, um aumento expressivo e importante.

Atualmente, Chris Evans atua como um dos protagonistas da série Defending Jacob, da Apple TV+.