Adão Negro deve demorar mais um pouco para acontecer. O filme com Dwayne Johnson, astro de Velozes e Furiosos, está sofrendo um novo atraso.

A produção deveria começar na metade de 2020. Porém, o The Hollywood Reporter informa que os trabalhos serão adiados para 2021.

O atraso acontece por causa da pandemia do coronavírus (COVID-19). Dwayne Johnson precisa ainda acabar Red Notice, da Netflix, para passar para Adão Negro.


Como se sabe, a pandemia atrasou o filme da Netflix, que consequentemente, adia as gravações do longa da DC. O site garante ainda que a data de estreia de Adão Negro deve ser alterada.

Se conseguisse começar na metade de 2020, Adão Negro chegaria em dezembro de 2021. Com o novo atraso, a DC deve ainda informar uma outra estreia.

Oficialmente, o estúdio ainda não se pronuncia.

Noah Centineo estará no filme

Noah Centineo, que estrelou Para Todos os Garotos que Já Amei, está se juntando ao ator de Velozes e Furiosos em Adão Negro. A informação também é do The Hollywood Reporter.

Centineo interpretará o Esmaga-Átomo, um personagem que pode controlar sua estrutura molecular e é capaz de manipular seu tamanho e força. O personagem já apareceu na tela antes, em um episódio de The Flash.

Jaume Collet-Serra, que dirigiu Dwayne Johnson em Jungle Cruise da Disney, estará na cadeira do diretor. O colaborador de longa data Beau Flynn vai produzir Adão Negro junto com o ator, Dany Garcia e Hiram Garcia.

Enquanto os detalhes da história estão sendo mantidos em segredo, Adão Negro se concentra no personagem da DC que foi originalmente criado como o vilão do herói agora conhecido como Shazam.

Nos tempos modernos, no entanto, o personagem evoluiu para um anti-herói mais complexo e conflitante, passando a se tornar um dos personagens mais proeminentes da DC.

Adão Negro, com o astro de Velozes e Furiosos, está, por enquanto, marcado para dezembro de 2021.