Keanu Reeves retornará a um de seus mais icônicos papéis em Bill & Ted: Encare a Música, que foi filmado há pouco mais de um ano.

Agora, durante a Comic-Con@Home foi revelado que Reeves acabou preparando uma exibição de John Wick 3 para a equipe e elenco de Bill & Ted 3 quando a produção foi interrompida em razão de um furacão.

A informação veio do roteirista e produtor de Bill & Ted: Encare a Música, Ed Solomon.


“Acho que meu momento favorito, o momento mais marcante, foi em um dia em que as filmagens foram interrompidas por causa de um potencial furacão. Ficamos todos presos em uma cidade chamada Covington e Alex e Keanu, de formas diferentes, receberam o elenco e equipe. Assistimos uma exibição de John Wick”, disse o produtor.

“O elenco e equipe toda ficou ali e Keanu exibiu John Wick e todos assistimos. Então Alex recebeu todos para o almoço depois. Só passamos um tempo juntos, nenhum de nós podia trabalhar e pensei, ‘isso é incrível’”, continuou Solomon.

Bill & Ted 3

Bill & Ted: Encare a Música é o primeiro filme da franquia desde 1991. A sinopse pode ser lida abaixo.

“Continuando Bill & Ted – Uma Aventura Fantástica, de 1989, e Bill e Ted – Dois Loucos no Tempo, de 1991, as apostas estão mais altas para William Bill S. Preston Esq. (Alex Winter) e Theodore Ted Logan (Keanu Reeves)”, diz a sinopse.

“Para preencher o destino rock and roll deles, os agora melhores amigos da meia-idade entram em uma nova aventura quando um visitante do futuro os avisa que apenas a música pode salvar a vida como conhecemos e trazer a harmonia ao universo. Ao longo do caminho, eles serão ajudados por familiares, velhos amigos e algumas lendas da música”, diz a sinopse completa.

Bill & Ted 3 tem direção de Dean Parisot, com roteiro da dupla Chris Matheson e Ed Solomon.

O elenco ainda tem Anthony Carrigan (Barry, Gotham), Jillian Bell (Anjos da Lei 2), e Brigette Lundy-Paine e Samara Weaving, que serão as filhas dos protagonistas.

Bill & Ted 3 estreia em 1 de setembro, sob demanda e em alguns cinemas nos Estados Unidos. Ainda não há previsão para o Brasil.