O Superman de Henry Cavill não apareceu tanto quanto os fãs gostariam em Liga da Justiça, mas parece que isso pode ser resolvido no vindouro corte do diretor do filme da DC.

Em entrevista ao Beyond the Trailer, Zack Snyder, diretor de Liga da Justiça, explicou o que diferencia a sua versão do Superman e como a aparição do herói no novo corte de Liga da Justiça representa o auge do personagem.

“Eu amo a ideia do Superman partir em uma jornada com seu personagem”, explicou Snyder. “Amo a ideia do Superman ter de se reconciliar com sua moralidade, seu lugar na Terra, com seu amor com Lois e como isso afeta a maneira como ele se relaciona com a humanidade e todas essas coisas que todos fazemos nos nossos relacionamentos diários”.


“Então acho que quando você vê o Superman lutar com essas coisas, ele se torna muito mais pé no chão”.

Herói mais acessível

O diretor de Liga da Justiça comentou sobre esse processo de fazer do Superman uma figura mais acessível, mais fácil de se relacionar.

“Quando eu vejo o Superman tendo de descobrir o que precisa fazer, eu agora posso dizer, ‘wow, se eu fosse o Superman’. O Superman é um personagem muito abstrato, nos seus poderes e no que ele é capaz de fazer”, disse Zack Snyder.

“Sempre que o tornamos mais pé no chão, ele se torna mais acessível e mais interessante. Tenho muito respeito pelo seu senso de moral e acho que ele pertence, no fim, ao topo da pirâmide da DC. No fim, ele precisa alcançar esse ápice”, concluiu o diretor.

Liga da Justiça chegou aos cinemas em 2017. O filme da DC teve críticas negativas e foi um fracasso em bilheteria.

Nos bastidores, o filme foi marcado por muita turbulência. Substituindo Zack Snyder, Joss Whedon fez uma série de mudanças em Liga da Justiça a pedido da Warner Bros.

Por anos fãs pediram que a versão de Zack Snyder de Liga da Justiça fosse lançada. O chamado “Snyder Cut” só foi anunciado recentemente, e vai ser lançado no HBO Max.

Liga da Justiça de Zack Snyder estreia em 2021, no HBO Max.