Anthony Edward “Tony” Stark é um futurista, membro fundador dos Vingadores e um dos personagens mais ricos da Marvel Comics, mas quanto vale a sua fortuna? Aparecendo pela primeira vez como Homem de Ferro em Tales Of Suspense #39, Stark é um pilar da Marvel Comics desde 1963.

Co-criado por Stan Lee, Larry Lieber, Don Heck e Jack Kirby, Tony Stark evoluiu de um personagem de segundo nível para um querido dos fãs e parte importante do MCU. Arrogante e seguro de si, a inteligência superior de Tony Stark e suas armas inteligentes ajudaram a impulsioná-lo à vanguarda da indústria de defesa.

Em uma viagem para supervisionar uma demonstração de tecnologia, Tony Stark foi capturado por terroristas quando uma armadilha explodiu matando sua escolta e deixando Stark com um pedaço de estilhaço no peito, matando-o lentamente.


Depois de ser encarregado por seus captores de criar uma arma, Stark conseguiu construir seu primeiro traje de combate, escapar do cativeiro e começar sua jornada para se tornar o Homem de Ferro.

Segundo a Money.com, o patrimônio líquido de Tony Stark é estimado em US$ 12,4 bilhões. Isso é suficiente para ele derrotar outras pessoas ricas conhecidas dos quadrinhos, como Bruce Wayne, Charles Xavier e Emma Frost.

No entanto, em seu ranking dos personagens fictícios mais ricos, a Forbes listou a riqueza de Stark com um pouco menos de US$ 9,4 bilhões, colocando-o no número cinco da lista. Esses relatórios são copiados das páginas de Homem de Ferro Vol 4. #7, que observam que Stark é o 36º homem mais rico do mundo (no mundo da Terra-616).

Herói muito rico

A riqueza de Stark vem de algumas fontes, mas principalmente da pesada herança que recebeu de seu pai adotivo Howard Stark, que preparou Tony para uma vida de luxo. Após a morte de seus pais nas mãos da Hydra, Tony assumiu o cargo de chefe das Indústrias Stark, onde continuou o legado de seu pai no desenvolvimento de tecnologia defensiva, acumulando imensa riqueza.

Embora o personagem tenha começado como um playboy egoísta, Tony Stark evoluiu para um homem tentando mudar o mundo para melhor, mas isso não significa que ele parou de gastar dinheiro compulsivamente. Isso inclui a compra de frotas de carros esportivos, a criação de robôs auxiliares para tarefas domésticas e, é claro, o design e a construção de trajes multimilionários do Homem de Ferro.

No MCU, Stark é mostrado usando as últimas novidades em moda e acessórios, usando a mais recente tecnologia de telefonia celular ou usando sua fortuna para financiar projetos.

Esse retrato na tela lembra bastante os fãs de Tony Stark que conhecem e amam nas páginas da Marvel Comics, no entanto, os fãs de quadrinhos de longa data se lembram de momentos em que a riqueza de Stark era contrastada por seus demônios interiores.

Os quadrinhos utilizaram o personagem para lembrar os leitores de que, mesmo quando alguém parece ter tudo, pode parecer vazio. Ver Tony aceitar seus problemas e encontrar novas maneiras de retribuir ao mundo que ele defende incansavelmente é um dos motivos pelos quais ele ressoa com o público desde os anos 1960.

Embora ele seja um homem mais generoso e bem-intencionado do que quando foi apresentado, Tony Stark continua encontrando maneiras novas e divertidas de gastar sua vasta riqueza.

No cinema, Robert Downey Jr. se despediu do papel de Homem de Ferro em Vingadores: Ultimato. No Brasil, o filme está disponível no Amazon Prime Video.