Publicidade

Roteiro original de De Volta Para o Futuro é revelado – ele é insano

Publicado por Guilherme Coral

30/07/2020 12:23

Jon Cryer, o Alan de Two and a Half Men, chegou a fazer um teste para viver Marty McFly em De Volta para o Futuro. Agora, anos mais tarde, o ator contou mais sobre o roteiro original do clássico.

Depois de fãs tweetarem sobre o box da trilogia, que traz os testes feitos por Cryer e Ben Stiller para viver Marty McFly, que acabou sendo vivido por Michael J. Fox, os atores comentaram sobre essa lembrança.

“Fiquem tranquilos, o Michael J. Fox nunca correu nenhum risco. Na verdade eu acho que bloqueei essa informação na minha cabeça”, brincou Stiller

Cryer também entrou na brincadeira e acabou trazendo mais detalhes sobre o filme nesses seus estágios iniciais.

“Ele também não correu nenhum risco comigo. Mas o roteiro que eu li era muito diferente daquele que acabou filmado. Ele começava com o Marty tocando na guitarra o tema de ‘Contatos Imediatos de Terceiro Grau’ enquanto pirateava um VHS do filme”, disse o ator de Two and a Half Men.

O ator ainda revelou que nem mesmo a máquina do tempo, o famoso DeLorean, estava presente nessa forma no roteiro original.

“E a máquina do tempo não era um DeLorean que precisa chegar a 144 Km/h e receber 1.21 gigawatts, mas… bem… era uma máquina do tempo que precisava de força nuclear e um ingrediente secreto que era… Coca-cola (juro por Deus)”, tweetou Cryer.

“A sequência final não envolvia o relógio na torre, nem um raio, mas o Marty invadindo um teste nuclear com a máquina do tempo para ficar perto da explosão que faria ela funcionar. Uma cena bizarra que ele chega em uma cidade de mentira cheia de casas falsas e manequins para reproduzir os efeitos de uma bomba nuclear”, continuou o ator.

Mais revelações

O ator continuou falando sobre os momentos finais do filme, mostrando que eram mais loucos ainda e que chegou a inspirar a famosa cena de outro filme de Steven Spielberg.

“Ele coloca a máquina do tempo no lugar, a bomba vai explodir, ele pega a Coca, a contagem começa a ser feita, 10, 9, 8… Então ele deixa a garrafa escorregar e ela cai! Ela quebra no chão e ele fica sem a Coca! Ele entra em pânico (compreensivelmente), mas lembre-se: estamos nos anos 50 e toda casa tem uma garrafa de Coca na geladeira”.

“Ele confere uma geladeira e acha a garrafa. Ele coloca a bebida na máquina, mas então descobre… Caramba! Preciso sobreviver a uma explosão nuclear! Ele entra em pânico outra vez. Mas então ocorre para ele que tem uma caixa branca ao lado dele também conhecida como… uma geladeira”.

“Ele sobre nela, fecha a porta, a bomba explode, a máquina do tempo é ativada e ele é enviado de volta para o futuro”, continuou o ator.

Obviamente, a cena acabou sendo reaproveitada por Steven Spielberg em Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal, o qual dirigiu. Vale lembrar que Spielberg produziu a trilogia De Volta para o Futuro, que foi dirigida por Robert Zemeckis.

“Essa cena soa familiar para alguém? Posso ouvir todos vocês dizendo: ‘sim, sim Jon!’ O Spielberg obviamente amou a cena e a utilizou décadas depois em uma cena de ‘Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal’!! Amo como vocês concordam comigo”, concluiu o ator.

Atualmente, a trilogia De Volta para o Futuro pode ser assistida em Blu-ray e DVD.

Publicidade