Quase 20 anos se passaram desde que Velozes e Furiosos chegou aos cinemas. E a franquia se tornou quase irreconhecível em comparação com o início.

Agora, com o lançamento de Velozes e Furiosos 9 adiado, uma estrela acredita que a demora pode realmente ser exatamente o que a série de longa duração precisa.

Quando a verdadeira extensão da pandemia de coronavírus se tornou aparente, Hollywood começou a limpar o convés. Os lançamentos do meio do ano foram removidos da programação, quando os cinemas fecharam.


Os grandes filmes de estúdio tiveram que escolher entre serviços sob demanda ou atrasos nos lançamentos de cinema.

Dessa forma, a Universal mudou Velozes e Furiosos 9 de maio de 2020 a 2 de abril de 2021. Afinal, o filme tem um preço elevado.

Embora seu orçamento não tenha sido descoberto, a parte anterior da série custou US$ 250 milhões e arrecadou US$ 1,2 bilhão em todo o mundo. Naturalmente, a Universal espera que Velozes e Furiosos 9 seja igualmente bem-sucedido nas bilheterias.

O lado positivo

Para os fãs de Velozes e Furiosos, o adiamento foi uma notícia decepcionante. Mas pelo menos força a equipe criativa por trás da franquia a planejar seu próximo passo.

Um décimo filme já foi anunciado. Em uma entrevista recente no The Jess Cagle Show, da SiriusXM (The Hollywood Reporter), Ludacris – que interpreta Tej no cinema – apontou o potencial positivo do adiamento para a franquia.

“Isso apenas dá aos editores um pouco mais de tempo para aperfeiçoar Velozes e Furiosos 9 ainda mais. Então, agora só posso imaginar o que vai acontecer, hipoteticamente, se existirem Velozes e Furiosos 10 e Velozes e Furiosos 11”, contou o ator.

“Os produtores – os as pessoas que estão escrevendo esses roteiros agora – precisam fazer essas as melhores sequências possíveis de todos os tempos. Nem consigo imaginar. É isso que estou pensando.”

Inicialmente, Velozes e Furiosos 9 e o décimo filme sem título foram anunciados juntos. Velozes e Furiosos 9 chegou a levar a data de lançamento deste último a outro adiamento.

Mas não está claro se esses dois filmes teriam servido como duas partes de uma mesma história. De qualquer forma, os fãs estão ansiosos para ver para onde Dominic Toretto (Vin Diesel) e sua família vão no próximo filme, principalmente com o retorno de Han.

Uma vez, os filmes de Velozes e Furiosos foram centrados em gangues e corridas de rua ilegais. Agora Dom e sua família são algo entre espiões e super-heróis.

Então, com a ação e os riscos cada vez mais altos a cada filme, quando a franquia terminará? Ludacris até indicou que a família de Velozes e Furiosos poderia eventualmente ir para o espaço.

No entanto, de acordo com a promessa que Diesel fez ao falecido Paul Walker, a série terminará com 10 filmes. Se for esse o caso, a equipe de criação definitivamente precisará de um tempo extra de preparação para garantir que Velozes e Furiosos 9 e sua continuação sejam perfeitos.

Obviamente, a questão passa a ser se a Univeral ficará satisfeita com uma sequência de Velozes & Furiosos: Hobbs & Shaw e outros derivados.

Velozes e Furiosos 9 chegará aos cinemas em abril de 2021.