Aparição de Thanos na Marvel esconde segredo hilário; veja

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No cinema, até o momento, Thanos, também conhecido como o Titã Louco, foi o maior vilão da Marvel.

O vilão teve uma grande preparação até se tornar o principal antagonista de uma produção. Ele apareceu no MCU pela primeira vez em Os Vingadores, de 2012.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Naquela ocasião, foi interpretado brevemente por um ator e dublê chamado Damion Poitier.

A partir de Guardiões da Galáxia, de 2014, a Marvel resolveu escolher outro ator para o vilão. Thanos é um antagonista importante, e portanto precisava ser vivido por um astro mais famoso.

O ator escolhido foi Josh Brolin, de filmes como Onde os Fracos Não Têm Vez, Homens de Preto 3 e Bravura Indômita.

Brolin entregou uma performance icônica como Thanos. Mas seu trabalho no set esconde um segredo hilário: foi um pouco constrangedor.

Como quase todos os atores que interpretam personagens criados com efeitos digitais, Brolin teve que usar uma roupa de captura de movimentos para se tornar Thanos.

A roupa é ridícula por si só, mas não para por aí. Thanos é muito mais alto que Josh Brolin, então o ator tinha que usar algo que desse para os outros atores alguma ideia de onde estava o rosto do vilão.

Portanto, bem acima da cabeça de Brolin, havia simplesmente uma imagem com o rosto de Thanos, que servia de referência para seus companheiros de elenco.

Trabalho complicado

O supervisor de efeitos visuais de Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato, Dan Deleeuw, conversou sobre o processo de criação de Thanos em entrevista ao Hollywood Reporter. Foi necessário muito cuidado no desenvolvimento do CGI, já que Thanos era um dos personagens principais e aparecia em muitas cenas.

“O co-diretor Joe Russo teve a ideia de contar a história mais do ponto de vista de Thanos”, disse.

Thanos não seria mais um vilão coadjuvante. Ele era um dos personagens que conduziam a trama.”

Fãs da Marvel ficaram impressionados com o resultado do trabalho em Thanos em cena.

Para a tristeza dos fãs, Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato não foram premiados com o Oscar de Melhores Efeitos Visuais. Vingadores: Guerra Infinita perdeu para O Primeiro Homem na premiação de 2019, enquanto Vingadores: Ultimato perdeu para 1917 em 2020.

No Brasil, Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato, bem como quase todos os outros filmes do MCU, estão disponíveis no Amazon Prime Video.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio