A Netflix foi duramente criticada ao anunciar o lançamento do filme francês Lindinhas. Como internautas apontaram, a sinopse e o cartaz usado no longa sexualizam crianças de 11 anos.

Até por isso, o longa chegou a ser chamado de “pervertido” (veja mais aqui).

Lindinhas foi escrito e dirigido por Maïmouna Doucouré e estreou no Festival de Sundance em 2020, chegando a ganhar o prêmio do júri de direção.


A história mostra Amy, uma garota de onze anos criada em uma casa tradicional muçulmana. Ela se vê no meio de valores tradicionais e a cultura da Internet, depois de se juntar a um grupo de dançarinas chamado lindinhas na escola.

O pôster do filme na Netflix mostra Amy e as outras Lindinhas usando shorts e camisetas cropped, com poses de dança provocativas.

Por conta disso, os fãs criaram até uma petição para que a Netflix não colocasse o filme na plataforma. No momento desta publicação, o documento chegava a quase 50 mil assinaturas.

Por conta da polêmica, a Netflix se pronunciou sobre o caso no Twitter. Veja abaixo a imagem que começou o movimento dos fãs.

Netflix responde fãs

A Netflix prometeu mudar a sinopse e o cartaz de divulgação. Após pesquisas, os fãs viram que Lindinhas tem um pôster original bem diferente, que não sexualiza as personagens.

“Nós pedimos nossas sinceras desculpas pelo pôster que usamos para divulgar Lindinhas. Não foi bom e não representou o filme francês que ganhou um prêmio no Festival de Sundance. Nós vamos atualizar as imagens e a descrição”, afirmou a plataforma.

A descrição usada pela Netflix foi essa: “Aos 11 anos, Amy se encanta com um grupo de dança da escola. Para se enturmar, ela começa a explorar sua feminilidade e desafia as tradições da sua família”.

Ao mesmo tempo, a sinopse original foi encontrada e afirma que, “Amy, uma garota de 11 anos, se junta a um grupo de dança na escola chamado Lindinhas e torna-se consciente da sua feminilidade, chateando a sua mãe e os valores dela no processo”.

Para os fãs, há uma diferença no tom de cada sinopse. O mesmo vale para os cartazes.

Lindinhas chega em setembro na Netflix. Veja a comparação abaixo entre o cartaz original e o inicialmente usado pela plataforma.