Oito Mulheres e Um Segredo deveria ter uma participação especial. Seria quase um daqueles momentos de piscou, perdeu.

Matt Damon havia gravado uma participação rápida em Oito Mulheres e Um Segredo, mas a cena acabou cortada na edição final do filme. Tudo se passou por conta de uma polêmica.

O motivo foram as declarações polêmicas do ator em relação aos casos de assédio em Hollywood denunciados por mulheres no final de 2017.


“Há uma diferença entre dar um tapinha no bumbum e estuprar ou molestar uma criança, certo? Há comportamentos criminosos que precisam ser tratados como crimes. O resto é apenas vergonhoso e nojento”, declarou o ator na época.

A declaração foi criticada por diversas pessoas e muitos fãs da franquia chegaram a pedir que ele não aparecesse em Oito Mulheres e Um Segredo. No fim, o estúdio decidiu seguir o que foi pedido.

Oito Mulheres e Um Segredo chegou em 2018. Na época, movimentos contra crimes sexuais ganhavam cada vez mais força na indústria.

Estrelado por grandes atrizes, o longa também tinha como missão mostrar a força feminina em Hollywood. Assim, Matt Damon ficou de fora.

Conheça Oito Mulheres e Um Segredo

O jogo vai virar quando Debbie Ocean (Sandra Bullock), irmã de Danny Ocean (George Clooney), tentará realizar o roubo do século na cidade de Nova York, no baile de gala anual do MET, que é repleto de celebridades.

Sua primeira tarefa é reunir o time de perfeito: Lou (Cate Blanchett); Nine Ball (Rihanna); Amita (Mindy Kaling); Constance (Awkwafina); Rose (Helena Bonham Carter); Daphne Kluger (Anne Hathaway); e Tammy (Sarah Paulson).

Damian Lewis (Billions) faz o vilão principal do filme.

A direção está a cargo de Gary Ross (Jogos Vorazes). O roteiro foi escrito por Olivia Milch (Rainha e País). Oito Mulheres e um Segredo pode ser visto em plataformas digitais.