Lançado em 2019, Capitã Marvel representou uma transformação no MCU. Além de ser o primeiro filme da franquia a ser protagonizado por uma mulher, o longa ajudou a elevar ainda mais a carreira de Brie Larson.

Antes de viver Carol Danvers no MCU, Larson já contava com uma carreira estabelecida no cinema e TV. Por isso, a atriz foi convidada para uma audição ao filme O Exterminador do Futuro: Gênese.

Fãs sabem que o filme com Arnold Schwarzenegger acabou sendo protagonizado por Emilia Clarke, a Daenerys de Game of Thrones. Mas afinal de contas, por que Brie Larson não foi escolhida para o papel?


Confira abaixo o motivo verdadeiro!

Motivação inusitada

Brie Larson revelou ter perdido o papel principal de Exterminador do Futuro: Gênesis em um vídeo de seu canal no YouTube. Recentemente, a atriz inaugurou sua página na rede social e se tornou produtora de conteúdo.

A atriz revelou um teste fracassado para o papel de Sarah Connor, a heroína da franquia de ficção científica criada por James Cameron. Larson não foi escolhida, e o papel acabou ficando para Emilie Clarke.

“Eu fiz o meu teste e alguns dias depois descobri que não fiquei com o papel, não tive nenhum retorno”, contou a atriz.

Larson ficou sem respostas sobre seu desempenho no teste, até ser contatada por um produtor de elenco meses depois da audição.

“Eu achei que tinha feito um ótimo trabalho. Não entendi e alguns meses depois o meu agente me ligo e disse, ‘escuta, tivemos um retorno, e eles disseram que acharam que você não sabe como segurar corretamente uma arma”.

A atriz achou estranha a motivação apresentada, já que não havia nem ao menos empunhado uma arma de fogo em sua audição.

“Na verdade eu sou grata, porque não quero segurar uma arma em um filme. Só achei engraçado que eles tenham achado que eu não sei segurar uma arma e por isso não fiquei com o papel”, contou Larson.

Brie Larson se livrou de uma bomba ao não ser escolhida para protagonizar Gênesis, que é um dos maiores fracasso críticos e financeiros da franquia Exterminador do Futuro.