De Volta Para o Futuro chegou aos cinemas em 1985 e instantaneamente se tornou um clássico, graças em parte à sua estrela, Michael J. Fox. O ator alcançou sucesso no cinema ao interpretar o jovem Marty McFly, um adolescente da Califórnia que se torna um viajante do tempo involuntário.

Ele reprisou o papel em mais duas aventuras malucas em De Volta para o Futuro 2, que o leva a 2015, e De Volta para o Futuro 3, que o leva para o Velho Oeste. Marty McFly lida com tudo com charme e estilo, com a performance de Fox tornando-o um personagem interessante com uma grande história de fundo e um futuro brilhante.

De Volta Para o Futuro pode ser um filme antigo, mas ainda existem curiosidades interessantes a respeito do longa que os fãs não fazem ideia. Aqui estão dois fatos curiosos a respeito da franquia.


Marty McFly inventou o carro voador

O DeLorean do Doutor Brown já é um carro muito legal, com suas portas em forma de asa de gaivota e capacidade de viajar no tempo. Mas os instantes finais do primeiro De Volta para o Futuro mostram que o Doutor fez algumas melhorias no veículo, necessárias para uma viagem até 2015.

“Para onde estamos indo, não precisamos de estradas”, ele brinca para Marty. Em seguida, coloca o DeLorean no modo de carro voador enquanto é lançado para o céu acima de Hill Valley.

No gibi De Volta para o Futuro #4 de 2016, ficou claro que Doutor Brown transformou seu carro em uma máquina voadora maravilhosa por sugestão de Marty McFly. Em um período anterior aos eventos do primeiro filme, Marty perturba o Doutor em sua garagem, que encobre seu DeLorean ainda não totalmente pronto para uma viagem no tempo.

Marty, sem carro e desesperadamente querendo um, reconhece a forma e presume que o projeto ultrassecreto de Doutor é um carro voador. Não é, mas Doutor Brown acha que tal projeto é uma ideia muito boa.

Como Doutor e Marty se tornaram Rick e Morty

No início dos anos 2000, o animador Justin Roiland fez um curta de desenho animado verdadeiramente obsceno chamado “The Real Animated Adventures of Doc and Mharti”. O primeiro é um cientista de cabelo arrepiado e jaleco com uma máquina do tempo de DeLorean que fala em uma imitação aproximada de Christopher Lloyd, enquanto o último é uma criança em um colete laranja com uma voz estridente.

Em outras palavras, eles são paródias claras de Doutor Brown e Marty McFly, com pouco mais do que um nome incorreto impedindo-os de incorrer na ira dos detentores dos direitos autorais.

Roiland exibiu este desenho e outros no Channel 101, uma mostra regular de curtas-metragens e competição em Los Angeles operada pelo criador de Community, Dan Harmon.

Depois que Harmon foi temporariamente dispensado de suas funções na série de comédia na qual trabalhava, ele pediu a Roiland para adaptar “Doc e Mharti” em uma série animada regular, mais profissionalmente animada, que abandonasse as conexões mais abertas com De Volta Para o Futuro.

Então, Doutor se tornou um cientista chamado Rick, e foi um pequeno salto de Mharti para Morty, que se tornou neto do cientista, não amigo. Assim, Rick and Morty nasceu.

O primeiro filme de De Volta Para o Futuro foi lançado em 1985. O longa foi aclamado por crítica e público.