Coringa marcou a carreira de Joaquin Phoenix. O filme da DC deu o Oscar de Melhor Ator para o artista.

Em tela, o visual do famoso marcou os fãs. Como se sabe, o ator perdeu cerca de 23 kg para o papel.

Em entrevistas, como no Festival de Veneza de 2019, Joaquin Phoenix até comentou que perder peso foi parte importante do papel. Para o astro, foi ali o começo da transformação em Arthur Fleck.


“Foi ali onde tudo começou. Acontece que te afeta psicologicamente. Você começa a ficar louco quando você perde todo esse peso em um certo período de tempo”, já declarou o famoso.

Como é destacado por Joaquin Phoenix, o processo não foi nada fácil. Porém, como foi essa dieta para Coringa?

A dieta de Joaquin Phoenix

Em programas de entrevistas, o astro da DC comentou que o pior foi a tentação de comer alimentos que não estavam na dieta, como doces. Joaquin Phoenix contou com a ajuda de profissionais para a transformação.

“Eu fiz antes e trabalhamos com um médico para o regime, para supervisão e para segurança”, contou o ator. Para ser o Coringa, ele deveria ter uma alimentação “inteligente”, que não era bem “comer uma maçã por dia”.

Para Men’s Health, Joaquin Phoenix detalhou essa dieta. Como o objetivo era apenas perder peso, ele praticamente deixou as proteínas de lado.

O ator de Coringa se alimentava basicamente de vegetais cozidos no vapor. “Não era apenas uma maçã ao dia. Não, você também tinha alface e vagem cozida no vapor”, contou Joaquin Phoenix.

Na parte de exercícios, Joaquin Phoenix deveria apenas caminhar ou correr. Isso foi delimitado apenas para perda de peso.

O problema é que essa dieta levou a perda de energia. Assim, como o próprio Joaquin Phoenix contou, isso o afetou mentalmente.

“Você desenvolve uma desordem mental. É selvagem”, relembrou o famoso.

Coringa pode ser visto em plataformas digitais.