O roteirista Bob Gale revidou contra a piada de Vingadores: Ultimato com De Volta Para o Futuro, dizendo que o filme do MCU copia as regras de viagem no tempo estabelecidas por seu roteiro do sucesso de bilheteria de 1985. O sucesso com Michael J. Fox estabelece claramente suas regras de viagem no tempo desde o início e tornou-se a maneira como o público do cinema entende a viagem no tempo agora.

É por isso que em Vingadores: Ultimato, quando a trama do assalto é estabelecida, o filme mencionou De Volta Para o Futuro, primeiro quando Scott Lang (Paul Rudd) tenta convencer Tony Stark (Robert Downey Jr.) a ajudá-los a planejar o assalto e segundo quando Hulk (Mark Ruffalo) explica as regras do filme para viajar no tempo para o resto dos personagens.

Lang expressa sua decepção ao perceber que De Volta Para o Futuro inventou suas regras de viagem no tempo, chamando o filme de “besteira”.


Gale se juntou a Anthony e Joe Russo, os diretores de Vingadores: Ultimato, e aos co-roteiristas do filme Stephen McFeely e Cristopher Markus no episódio do podcast Russo Bros. Pizza Film School sobre De Volta Para o Futuro, e contou a eles o que ele sentia sobre os comentários sobre viagens no tempo de Vingadores: Ultimato.

Gale zombou dos cineastas, dizendo que, apesar de tentarem estabelecer que suas regras de viagem no tempo são diferentes daquelas que ele estabeleceu em De Volta Para o Futuro, eles acabam fazendo quase a mesma coisa com seus personagens, enviando-os de volta aos filmes anteriores.

“Vocês disseram que De Volta Para o Futuro é uma besteira, mas no final do dia vocês acabam voltando ao primeiro filme dos Vingadores e a um dos filmes anteriores de Thor, então é meio que como De Volta Para o Futuro.”

Brincadeira entre colegas

McFeely e Markus tentaram se defender em resposta, dizendo que estavam na verdade mirando em De Volta para o Futuro 2 e sua subtrama envolvendo o vilão Biff usando um almanaque esportivo para ficar rico. Os irmãos Russo acrescentaram que eles tiveram que fazer referência à franquia de aventura clássica, pois essa é a referência aceita para viagens no tempo nas mentes do público de cinema.

Além de hilária, a interação também é surpreendente, dado o conhecimento íntimo de Gale sobre o MCU. O roteirista trabalhou em uma era diferente de Hollywood e, tendo 69 anos, não é exatamente parte do público-alvo da saga.

Mas ele mostra que não apenas ele viu o filme, mas também conhece os outros filmes do MCU.

Isso mostra que Gale aprecia filmes de grande bilheteria que claramente ainda o mantém indo ao cinema (num tempo sem pandemia de coronavírus, é claro).

Também é divertido assistir os cineastas por trás do maior sucesso de bilheteria de todos os tempos falando sobre o amor e a apreciação por um filme clássico como De Volta Para o Futuro, que claramente teve uma grande influência para todos eles, mesmo que tenham escolhido subverter suas regras de viagem no tempo.

No Brasil, Vingadores: Ultimato, da Marvel, está disponível no Amazon Prime Video.