Agora que os direitos do Quarteto Fantástico no cinema estão de volta com o Marvel Studios, é apenas uma questão de tempo até que a empresa introduza um Victor Von Doom no MCU.

De fato, dada a popularidade do vilão, os fãs acreditam que ele será um dos primeiros personagens que estavam com a Fox a serem apresentados à franquia.

Na preparação para este evento, Charlie Wen, ex-artista de desenvolvimento visual da Marvel, revelou sua abordagem sobre o personagem – e com certeza é um espetáculo de se ver.


Wen, um dos fundadores da divisão de desenvolvimento visual interno da Marvel, compartilhou a arte em seu Instagram, retratando o icônico vilão da Marvel com a Manopla do Infinito de Thanos – completa com todas as seis Joias do Infinito. Veja a imagem abaixo.

https://www.instagram.com/p/CDbuVK7DGSY/?utm_source=ig_embed

Grande vilão

A certa altura, um filme de Doutor Destino estava em desenvolvimento na Fox, pelo criador de Legion e Fargo, Noah Hawley, embora esses planos pareçam ter sido abandonados, pelo menos temporariamente, na fusão entre Fox e Disney.

No ano passado, Hawley revelou que teve uma conversa com Kevin Feige, chefe da Marvel, embora as conversas nunca tenham se concretizado para nada.

“O que me interessou originalmente sobre o universo dos X-Men é que são filmes que começaram em um campo de concentração”, disse Hawley ao Hollywood Reporter na época. “Os filmes estão claramente preocupados com a verdadeira natureza do mal humano.”

“Não é apenas uma força cósmica que causa o fim do mundo. Isso é o que sempre foi interessante para mim.”

“Queríamos explorar nesse gênero os males que todos os dias causamos uns aos outros, as maneiras como nos machucamos. Existem diferentes histórias e personagens que abordam outros temas.”

Hawley acrescentou: “Eu escrevi um roteiro sobre Doutor Destino, uma história de anti-herói que realmente gostei, e ainda estamos conversando sobre fazer isso. Para o bem ou para o mal, essas são as histórias que queremos ouvir agora.”

“Algumas pessoas ficam envergonhadas e acham que esses filmes são lamentáveis para nossa cultura, porque são simplistas. Muitos realmente pensam dessa maneira.”

“Eu não concordo com isso. Eu acho que são histórias de moralidade em uma escala maior, e é melhor fazer parte da conversa do que fingir que a conversa não está acontecendo.”

O Doutor Destino deve aparecer no reboot de Quarteto Fantástico que a Marvel está desenvolvendo. Porém, ainda não há data de lançamento.