Introduzida para as grandes massas com 50 Tons de Cinza, em 2015, Dakota Johnson realmente diversificou bastante sua carreira desde então.

A atriz já trabalhou ao lado de Shia LaBeouf em The Peanut Butter Falcon, o filme independente mais bem-sucedido de 2019, segundo a Variety.

Seu mais novo filme, A Batida Perfeita, que estreou após o começo da pandemia, coloca a atriz ao lado de Tracee Ellis Ross. No filme, Dakota Johnson é a assistente pessoal de uma lendária pop star, vivida por Ross.


Além disso, a famosa de 50 Tons de Cinza estrelou o remake de Suspiria, que foi muito discutido no ano de seu lançamento e que, atualmente, está disponível na Amazon Prime Video.

Mesmo com os adiamentos e interrupções causados pela COVID-19, ela tem se mantido ocupado, com alguns filmes já anunciados a caminho.

Carreira diversificada

Um desses trabalhos é o originalmente intitulado The Friend, o filme traz Casey Affleck e Jason Segel. A trama gira em torno de um casal (Johnson e Affleck), que recebe notícias médicas devastadoras.

Apesar de já ter estreado no Festival de Toronto em 2019, o filme ainda não chegou ao circuito comercial e não conta com previsão de estreia ainda.

Já Nowhere Inn conta a história da cantora St. Vincent e é estrelado por St. Vincent. Não é um documentário, mas um relato hiperbólico dos bastidores de sua vida. Annie Clark (o nome real de St. Vincent) estrela o filme ao lado de Carrie Brownstein e Dakota Johnson, que interpreta a si mesma, que, no filme, é namorada de Clark.

Outro filme em pré-produção com Dakota Johnson é The Lost Daughter, estrelado pela ganhadora do Oscar Olivia Colman e Peter Sarsgaard, marcando a estreia na direção de Maggie Gyllenhaal.

Baseado no livro de Elena Ferrante, a trama gira em torno de uma professora de faculdade (Colman), que se apaixona por uma jovem mãe em uma praia (Johnson).

Por fim, Don’t Worry, Darling é provavelmente seu maior projeto a caminho, com um elenco de destaque, que inclui Shia LaBeouf, Florence Pugh (Viúva Negra, Midsommar), e Chris Pine. A direção é de Olivia Wilde.

Dito isso, há muito no caminho para a atriz que se tornou famosa em razão de 50 Tons de Cinza. De fato, uma carreira bem diversificada.