Cenas de sexo não são fáceis de serem gravadas e envolvem muita preparação tanto por parte dos atores, quanto do restante da produção em si. 50 Tons de Cinza, é claro, não é exceção.

Tais cenas são discutidas e são inseridas no contrato previamente à escalação dos atores e atrizes, como um passo de minimizar o constrangimento e não trazer qualquer surpresa desagradável para os atores.

Ainda assim, obviamente, é uma experiência constrangedora e o ator Jamie Dornan, o Christian Grey de 50 Tons de Cinza, revelou que usava o humor para ajudar todos a se sentirem mais confortáveis durante essas cenas.


“Minha tentação sempre era fazer Dakota [Johnson] rir, então algumas vezes, eu fazia coisas tipo, quando há algum momento em que eu devia, sabe, ter um orgasmo, eu fazia tipo [faz barulhos de música em partidas de esportes]”, disse o ator de 50 Tons de Cinza.

Sem dúvidas, isso deve ter ajudado bastante a equipe e elenco do filme se descontrair.

A vida após 50 Tons

Anteriormente, Dornan revelou à Variety que se sente “sortudo” por ter participado da franquia de 50 Tons de Cinza. Os filmes abriram uma oportunidade na carreira dele.

Após ser Christian Grey, o famoso passou a atuar mais no cinema independente. Essa categoria atualmente está nos filmes com orçamentos de US$ 5 a US$ 15 milhões.

“Eu pessoalmente acredito que é onde os melhores roteiros estão. Eu fiz coisas como Anthropoid e A Private War que eu realmente me orgulho. Eu tenho sorte que eles entraram no meu caminho por causa de 50 Tons de Cinza”, declarou o famoso.

Dornan garante que não foi “tipificado” por causa da franquia. Para o ator, cada trabalho “é único”.

“Eu nunca fiz algo parecido e provavelmente nunca vou fazer de novo, porque cada coisa é própria. É meio que fizemos, isso está no seu mundo, que é muito grande e muitas pessoas se importam. Mas é como, ‘Nós fizemos e é isso’”, finalizou Dornan.

O último filme da franquia foi 50 Tons de Liberdade, lançado em 2018. Dornan estrelou os longas ao lado de Dakota Johnson.

A trilogia está disponível em plataformas digitais, em DVD e em Blu-ray.