A Netflix está sendo duramente criticada por sua decisão de lançar o filme francês Lindinhas, com fãs acusando a plataforma de streaming de sexualizar crianças. O filme lida com o amadurecimento de uma garota de 11 anos.

Lindinhas foi escrito e dirigido por Maïmouna Doucouré e estreou no Festival de Sundance em 2020, chegando a ganhar o prêmio do júri de direção.

A história mostra Amy, uma garota de onze anos criada em uma casa tradicional muçulmana. Ela se vê no meio de valores tradicionais e a cultura da Internet, focando na hipersexualização de garotas, depois de se juntar a um grupo de dançarinas chamado lindinhas na escola.


O pôster do filme na Netflix mostra Amy e as outras Lindinhas usando shorts e camisetas cropped, com poses de dança provocativas.

O pôster francês do filme, contudo, provou ser bem mais “contido” e essa sexualização infantil provocou revolta nas redes sociais.

Como é visto nas redes sociais, muitas reações sobre o filme não foram nada positivas, como podem ver abaixo:

“É interessante comparar a versão francesa do pôster de Lindinhas à versão americana… a versão francesa mostra crianças se divertindo. E a versão americana é nojenta. Sinto que a equipe de marketing da Netflix tem muito a responder”, escreveu um fã.

“Eu estava sob a impressão de que o filme teria uma mensagem mais profunda, como o livro de 1955 Lolita, de Vladimir Nabokov, mas depois de ver esse trailer, não tenho fé de que o filme foi feito com qualquer intenção a não ser pura perversão”, escreveu outro usuário no Twitter.

Outro usuário comentou a forma negativa como as culturas africanas e muçulmanas são tratadas no filme.

“Vou cancelar a Netflix a esse ponto. Ninguém quer assistir filmes sobre a cultura africana/ muçulmana ficando no caminho da felicidade. E sim, garotas muçulmanas podem se cobrir e se sentir livres ao mesmo tempo”, disse outro usuário.

A Netflix se pronunciou sobre o tema. Em nota para imprensa, a plataforma garante que mudará a descrição e as imagens de divulgação.

“Pedimos desculpas pela arte inadequada que usamos para o filme Lindinhas. Não estava certo, nem representava este filme francês que ganhou um prêmio no Festival de Sundance. Estamos trabalhando para atualizar as imagens e a descrição do filme”, afirma a Netflix.

Em todo caso, Lindinhas estreia em setembro na Netflix. Cabe ao espectador decidir se o filme traz alguma mensagem relevante ou não.