Dirty Dancing vai ganhar uma continuação, dessa vez com a estrela do original, Jennifer Grey. A confirmação veio do CEO da Lionsgate, durante reunião com investidores.

O filme original foi lançado em 1987 e trouxe Grey ao lado de Patrick Swayze. O longa foi produzido pela Vestron, estúdio conhecido mais pelos seus filmes de terror lançados diretamente em home vídeo.

Segundo o Deadline, Jonathan Levine, diretor de Meu Namorado é um Zumbi, vai produzir o filme, junto de Gillian Bohrer. O roteiro é de Mikki Daughtry e Tobias Iaconis. Ainda não foi revelado quem dirigirá o projeto.


“Será exatamente o tipo nostálgico e romântico de filme pelo qual os fãs da franquia esperam”, prometeu o CEO Jon Feltheimer, da Lionsgate.

A franquia Dirty Dancing já ganhou duas novas iterações anteriormente. Primeiro o prelúdio Dirty Dancing 2: Noites de Havana, que se passa durante a revolução cubana, em 1959. Depois, o original ganhou um remake, em 2011, mas que também foi um fracasso.

Dirty Dancing

Mais de 30 anos depois

O Dirty Dancing original traz a história de uma garota rica se apaixonado por um estiloso instrutor de dança. A coreografia elaborada que ele a ajuda a montar em uma sequência final inesquecível é reconhecida até hoje pelos fãs.

Tendo em vista o falecimento de Patrick Swayze em 2009, ainda é incerto como a continuação lidará com o seu personagem.

Além de Dirty Dancing, Jennifer Grey apareceu em inúmeros outros filmes de sucesso dos anos 1980, incluindo Curtindo A Vida Adoidado. Desde então ela apareceu em obras como Grey’s Anatomy, Friends, Phineas e Ferb, dentre outros.

Recentemente, a atriz chamou a atenção ao se separar de Clark Gregg, o agente Coulson dos filmes da Marvel e de Agents of SHIELD. Os dois estavam juntos há mais de vinte anos.

Ainda não há previsão de estreia para a continuação de Dirty Dancing.