Derivado da trilogia Onze Homens e Um Segredo, Oito Mulheres e Um Segredo só aconteceu por conta do sucesso de uma heroína. A revelação foi feita pela atriz Anne Hathaway.

Anne Hathaway considera que Oito Mulheres e Um Segredo só foi bancado pelo estúdio graças ao sucesso de Mulher-Maravilha.

Falando à EW, ela considerou a “pressão” de fazer sucesso para abrir portas para outros filmes protagonizados por mulheres.


“Eu sinto isso em todos os filmes que faço – estando em um elenco de oito mulheres ou sendo a única mulher em um elenco masculinos. Me parece que todo papel em que estou, estou representando algo além de mim mesma”, contou.

Mulher-Maravilha realmente mudou o jogo em tantos sentidos. Podemos chegar a um estúdio com uma proposta como essa e há mais abertura. O movimento Time’s Up, tudo isso contribuiu para que Hollywood investisse mais em elencos femininos”, completou.

Mulher-Maravilha, lançado em 2017, realmente fez história em Hollywood. Estrelado por Gal Gadot, o longa teve a incrível arrecadação de US$ 821 milhões, além de ter aberto portas para longas como Oito Mulheres e Um Segredo.

O longa, que conseguiu o seu espaço, também não fez feio. Em 2018, no ano de lançamento, conseguiu quase US$ 300 milhões de bilheteria. O resultado é bastante positivo para o orçamento de US$ 70 milhões.

Conheça Oito Mulheres e Um Segredo

O jogo vai virar quando Debbie Ocean (Sandra Bullock), irmã de Danny Ocean (George Clooney), tentará realizar o roubo do século na cidade de Nova York, no baile de gala anual do MET, que é repleto de celebridades.

Sua primeira tarefa é reunir o time de perfeito: Lou (Cate Blanchett); Nine Ball (Rihanna); Amita (Mindy Kaling); Constance (Awkwafina); Rose (Helena Bonham Carter); Daphne Kluger (Anne Hathaway); e Tammy (Sarah Paulson). Damian Lewis (Billions) faz o vilão principal do filme.

A direção está a cargo de Gary Ross (Jogos Vorazes). O roteiro foi escrito por Olivia Milch (Rainha e País).

Oito Mulheres e Um Segredo pode ser visto em plataformas digitais.