A Netflix está aproveitando o período da quarentena para lançar vários filmes aguardados pelo público. A estreia mais recente foi a de Power, thriller de ação com Jamie Foxx, Joseph Gordon-Levitt e Rodrigo Santoro.

Power acompanha a história de um policial e um ex-soldado em uma jornada pela fonte por trás de uma perigosa pílula que oferece a pessoas normais poderes especiais temporários.

O filme foi elogiado por sua história criativa e sequências de ação, além de performances incríveis dos protagonistas. Desde sua estreia, Power se mantém entre os filmes mais assistidos da Netflix.


Power conta com várias inspirações da vida real, e o personagem de Joseph Gordon-Levitt foi concebido com características de um icônico ator de Hollywood.

Confira abaixo tudo sobre essa história!

Inspiração importante

Em uma das cenas de Power, o policial Frank Shaver, vivido por Joseph Gordon-Levitt se encontra com Art, o personagem de Jamie Foxx. Ainda na introdução da história, Shaver desconfia que o Major está por trás do Projeto Power.

Shaver se aproxima de Art enquanto o personagem mantém um homem à mira de seu revólver, e ordena que ele largue a arma imediatamente.

Em uma entrevista recente, Gordon-Levitt revelou que a inspiração para a frase dita por Shaver em seu primeiro encontro com o protagonista foi inspirada na performance de um ator em um clássico filme de Hollywood.

“Quando eu disse: ‘Eu não me importo!’, foi uma referência direta de O Fugitivo. Por isso queríamos que meu personagem fosse inspirado em Tommy Lee Jones”, contou Levitt.

O Fugitivo é um filme de 1993, no qual Tommy Lee Jones interpretou o militar Samuel Gerard e contracenou com Harrison Ford.

No longa, o personagem de Ford é acusado injustamente pelo assassinato de sua esposa Helen. Ao escapar da prisão, ele é perseguido freneticamente pelo militar interpretado por Tommy Lee Jones.

Power já está disponível na Netflix.