A Netflix está aproveitando o período da quarentena para lançar vários filmes aguardados pelo público. A estreia mais recente foi a de Power, thriller de ação com Jamie Foxx, Joseph Gordon-Levitt e Rodrigo Santoro.

Power acompanha a história de um policial e um ex-soldado em uma jornada pela fonte por trás de uma perigosa pílula que oferece a pessoas normais poderes especiais temporários.

O filme foi elogiado por sua história criativa e sequências de ação, além de performances incríveis dos protagonistas. Desde sua estreia, Power se mantém entre os filmes mais assistidos da Netflix.


Em uma entrevista recente, o roteirista de Power revelou um detalhe importante sobre o final do filme; confira abaixo!

O desfecho de Power

Em uma entrevista a um site especializado em cinema, o roteirista Mattson Tomlin afirmou não ter planos para a produção de uma sequência, pelo menos por enquanto.

O escritor, no entanto, não negou a possibilidade da criação de uma continuação em um futuro mais afastado.

“Nunca nos sentimos obrigados a fazer outra coisa nesse mesmo sentido no futuro. Eu definitivamente escrevi mais de um final, com o objetivo de contar a história e terminar de maneira satisfatória. Acho que atingimos essa meta”, afirmou o roteirista.

Com o lançamento e sucesso de Power, Tomlin admitiu que já está pensando em possibilidades a serem exploradas em um possível segundo capítulo da história do Major e sua turma.

“Temos uma longa lista de poderes que não foram mostrados, e estou muito animado em explorar esse aspecto”, contou Tomlin.

O roteirista também afirmou ter o interesse em adaptar para as telas aspectos da vida real, como o movimento Vidas Negras Importam (Black Lives Matter).

Para Tomlin, a melhor coisa em seu trabalho é mostrar como temas polêmicos da vida real podem ser trabalhados de maneiras criativas no campo da ficção.

“O que me interessa como roteirista é produzir um grande filme de ficção científica sobre algo real, algo que ressona com o público e discute algo que realmente está acontecendo no mundo”, comentou o roteirista.

Power já está disponível na Netflix.