Em tempos de quarentena, a Netflix se esforça para lançar novos conteúdos de qualidade a cada semana. Recentemente, a plataforma divulgou o aguardado primeiro trailer de O Diabo de Cada Dia, thriller protagonizado por Robert Pattinson e Tom Holland.

O lançamento da primeira prévia da aventura dos astros de Crepúsculo e Marvel dominou as redes sociais nas últimas semanas, com os nomes de Robert Pattinson e Tom Holland figurando entre as assuntos mais comentados do Twitter.

Desde o anúncio de sua produção, o Diabo de Cada Dia tem intrigado fãs da Netflix, principalmente por seu elenco repleto de estrelas e história interessante, ambientada na época da segunda guerra mundial.


Confira abaixo por que Robert Pattinson é o ator perfeito para seu papel em O Diabo de Cada Dia!

Escolha certeira

O Diabo de Cada Dia (The Devill All The Time) é um thriller psicológico original da Netflix, dirigido por Antonio Campos. O roteiro foi escrito por Antonio e Paulo Campos, baseado em um livro de mesmo nome, publicado por Donald Ray Pollock.

Embora tenha ficado fora do elenco do filme, Jake Gyllenhaal atua como produtor executivo, junto de Reva Marker, Gretchen McGowan, Randall Poster e Max Born.

Originalmente, o filme estrearia na Netflix em 15 de maio de 2020, mas o lançamento acabou adiado e ficou para 16 de setembro do mesmo ano.

O longa é ambientado na época da Segunda Guerra Mundial, e acompanha a destruição e tristeza causada pelo conflito na vida de vários personagens individuais.

Entre uma série de personagens turbulentos encontra-se um idoso sobrevivente de um massacre no sul do Pacífico, cuja mulher está morrendo de câncer, um casal de serial killers, um pastor com intenções obscuras, sua parceira e dois guitarristas.

Robert Pattinson foi escolhido para interpretar o misterioso reverendo Preston Teagardin.

Em um filme repleto de personagens psicóticos, vilões e anti-heróis, Teagardin é com certeza o pior dos piores. Após aparecer na tela pela primeira vez, o religioso demora poucos minutos para começar a seduzir os membros mais vulneráveis da cidade de Cold Creek.

Rapidamente o pastor consegue a confiança e com o tempo a ira do honrado Arvin Russell, interpretado por Tom Holland.

Eticamente, Teagardin é o pior personagem da carreira de Robert Pattinson, sem nenhuma qualidade redentora. Por outro lado, ele é perfeito para a demonstração dos maiores talentos do ator, que está excelente como o sinistro “homem de Deus”.

Robert Pattinson não é o protagonista de O Diabo de Cada Dia. Na verdade, Preston Teagardin demora cerca de uma hora para fazer sua primeira aparição no longa. No entanto, o ator conseguiu fazer um papel relativamente pequeno render e conquistar o público.

“Sempre gostei de fazer participações pequenas. Com menos tempo, você tem mais oportunidades para se destacar. Não são apenas papéis principais que levam você para o estrelato, mas sim coisas interessantes”, afirmou o ator.

O Diabo de Cada Dia estreia na Netflix em setembro.