Kate Winslet e Leonardo DiCaprio são, sem dúvida, objetivos de amizade. Os dois atores de Titanic são amigos há vinte e quatro anos e não parece que eles vão romper os laços tão cedo.

Apesar de representar interesses amorosos na tela em dois filmes diferentes (Titanic e Foi Apenas um Sonho), Winslet e DiCaprio permaneceram como melhores amigos platônicos por mais de duas décadas inteiras. No entanto, antes de conhecê-los como a dupla de amizade mais doce de Hollywood, Winslet confessou o quanto estava apavorada de trabalhar ao lado de DiCaprio antes de filmar Titanic.

Continue lendo para descobrir o porquê.


Medo de trabalhar com o ator

Kate Winslet e Leonardo DiCaprio foram a causa de uma paralisação mundial em 1997. Suas atuações em Titanic são tão marcantes que quase todos que foram assistir ao filme nos cinemas choraram desesperadamente.

O público em todos os lugares assistiu aos créditos rolando com os olhos embaçados, enquanto a versão de “My Heart Will Go On” de Céline Dion ecoava pelo cinema. Naquele momento, os fãs sabiam que DiCaprio e Winslet estavam destinados a uma conexão especial.

O que não sabiam era que eles eram “feitos para ser” melhores amigos, e não parceiros românticos. De certa forma, os fãs estão felizes que os dois nunca tenham se tornado namorado e namorada, porque isso aumenta as chances de uma separação potencial.

Ainda assim, apesar de serem apenas amigos, Winslet considera DiCaprio como “o amor da vida dela”.

Titanic é um dos filmes mais românticos de todos os tempos. A obra de James Cameron está cheia de cenas que tocam os corações das pessoas, e isso continua a ser o caso, independentemente de quantas vezes os fãs tenham assistido ao filme.

No entanto, um dos aspectos mais emocionantes do filme é a relação entre Jack e Rose. A conexão deles é tão íntima e altruísta que os fãs não podem deixar de se emocionar com os dois.

É seguro dizer que a química na tela de Kate Winslet e Leonardo DiCaprio tocou o coração de milhões.

No entanto, antes mesmo dos futuros melhores amigos se conhecerem, Winslet admitiu o quão nervosa ela estava para conhecer DiCaprio. A entrevista foi dada no programa da Oprah.

“Eu pensei, provavelmente, sobre como todas as mulheres são sobre Leonardo DiCaprio. Inicialmente, pensei: ‘Como vou trabalhar com este homem lindo, que é um ator tão brilhante?’ E eu o conheci e ele é honestamente tão adorável, pé no chão, normal e tão bom no que faz.”

Em resposta, DiCaprio comentou: “Essa é minha garota. Eu sinto o mesmo por ela. Se não fosse por ela ter feito aquele filme, teríamos sido estilhaços neste momento.”

“Foi o filme mais difícil que já tivemos de fazer e éramos parceiros.”

Fãs de Titanic e cinéfilos ainda debatem sobre a cena final do filme. No final do filme, Jack e Rose estão presos no meio do oceano.

Sua única maneira de se manter à tona é utilizando um pedaço de uma porta. A balsa improvisada pode caber Rose na superfície.

Mas ela também pode abrir espaço para Jack? A resposta é incerta porque o personagem de DiCaprio nem mesmo tenta se colocar na jangada. Mesmo assim, os fãs vêm debatendo sobre a “controvérsia” há anos.

Eles ainda estão se perguntando se Jack poderia ou não caber no pedaço de porta também.

Até Winslet revelou seus pensamentos. Durante uma entrevista com Jimmy Kimmel, eles discutiram sobre assunto.

Jimmy disse: “De certa forma, você o deixou congelar até a morte na água. Porque do jeito que eu vejo…”

“Não, eu concordo”, Winslet respondeu. “Sabe, acho que ele poderia realmente caber naquele pedaço de porta. Havia espaço de sobra na jangada! Eu sei! Eu sei!”

Titanic estreou nos Estados Unidos em 1997, sendo aclamado por crítica e público. Já no Brasil, o lançamento só ocorreu no começo de 1998.