Will Smith alcançou sua fama astronômica através de seus sucessos nas telonas e nas telinhas, em papéis de destaque como Um Maluco no Pedaço, Homens de Preto, Eu sou A Lenda, dentre outros.

Conforme seus filhos cresceram, Will Smith quis compartilhar o amor às suas crianças, o que levou o ator a ‘incentivar’ a carreira de ator de seu filho, Jaden Smith.

Essa provou não ser a melhor decisão de Will Smith e muitos se perguntam se o astro se arrepende de fazer isso.


Quando ainda jovem, Jaden Smith estava sendo fortemente incentivado a trabalhar como ator em Hollywood e Will Smith usou sua influência para conseguir isso. Naturalmente que isso apenas alimentou as práticas de nepotismo pelas quais Hollywood é criticada.

Nepotismo

Logo em À Procura da Felicidade, muitos já se aproveitaram da participação do pai e do filho, mas logo ele provou que não seria um bom ator, como seu pai.

Em Depois da Terra isso ficou evidente, com muitos críticos caindo em cima da atuação de Jaden Smith.

Para piorar as coisas, as tentativas de Will Smith em ajudar o filho prejudicariam sua própria carreira. Jaden, é claro, não ajudou, ao se considerar “o futuro do cinema” e outras declarações polêmicas.

Com isso, Depois da Terra, que lançaria a carreira de Jaden Smith de vez, acabou tendo o efeito oposto, e enterrou o futuro do filho de Will Smith no cinema.

O filme foi um fracasso de crítica e público e o próprio Will Smith admitiu seu arrependimento em fazer o filme, em entrevista ao Esquire.

“Essa foi a falha mais dolorosa da minha carreira”, disse o astro de Homens de Preto.

O filme prejudicou até mesmo a carreira de Will Smith, que somente conseguiu um papel de destaque em Esquadrão Suicida três anos depois – e todos sabemos no que isso deu.

Isso prova mais uma vez que o nepotismo não deve ser tolerado em qualquer lugar, seja no cinema, televisão, especialmente na política.

Em todo caso, Will Smith está conseguindo recuperar seu sucesso de outrora, com novos filmes da franquia Bad Boys, além de Aladdin, Bright 2, dentre outros.