Baseada na série de livros de E.L. James, 50 Tons de Cinza se tornou uma bem sucedida franquia no cinema, com o primeiro filme lançado em 2015 e protagonizado por Jamie Dornan e Dakota Johnson.

50 Tons de Cinza conta a história de Anastasia Steele, uma jovem e inocente jornalista que é introduzida ao mundo do sadomasoquismo pelo bilionário sexy Christian Grey, vivido por Dornan.

Uma das personagens mais interessantes de 50 Tons de Cinza é Mia, a irmã adotiva de Christian Grey. Interpretada pela cantora Rita Ora, a personagem infelizmente ficou apenas no background da franquia.


De acordo com um site especializado, 50 Tons de Cinza tratou a personagem de Rita Ora, e consequentemente sua intérprete, de maneira ingrata e desrespeitosa; confira abaixo!

O problema de Mia

A primeira indicação de que a franquia 50 Tons de Cinza não estava exatamente interessada em aproveitar o talento de Rita Ora veio no primeiro filme, no qual a atriz e cantora aparece por míseros 5 segundos.

A cena introdutória de Mia é notável e inusitada, já que o filme literalmente corta a primeira fala da personagem ao meio.

Mesmo sendo uma entre os dois músicos no elenco da franquia, Ora foi deixada de fora da trilha sonora de 50 Tons de Cinza, que acabou se tornando o sétimo álbum mais vendido de 2015.

Dois anos depois, os produtores de 50 Tons Mais Escuros tiveram a oportunidade de dar mais uma chance ao talento musical de Rita Ora. Ao invés disso, a canção “Kiss Me” foi relegada à versão Target Deluxe do disco – uma ofensa quase mais violenta do que simplesmente deixar a música de fora.

Rita Ora ganhou mais cenas em 50 Tons mais Escuros, mas a expansão da personagem veio com uma pegadinha: Rita Ora passou quase todo seu tempo de tela sendo maltratada e zoada por outros personagens, incluindo o irmão Christian Grey.

Em 50 Tons de Liberdade, a situação melhorou consideravelmente. Rita Ora ganhou o single principal da trilha sonora, o dueto “For You”, cantando com o ex-One Direction Liam Payne.

A música chegou à 82ª posição do Top 100 da Billboard, o que caracterizou o quarto single mais bem sucedido da carreira da cantora.

Além disso, Mia contou com tramas mais interessantes no terceiro capitulo, sendo parte essencial do terceiro ato do filme.

Alguns fãs inclusive acreditam que a franquia pode ganhar mais um capítulo, com Mia como protagonista! Clique aqui para saber tudo sobre essa história!

Confira abaixo a música “Kiss Me”, da trilha sonora de 50 Tons de Cinza!