A morte de Chadwick Boseman devastou os fãs da Marvel. O ator de Pantera Negra lutava contra um câncer no cólon desde 2016 e faleceu com 43 anos.

Nas redes sociais, o ator se tornou o principal assunto. Entre os temas estão o legado do famoso da Marvel.

Após o falecimento do astro de Pantera Negra, os internautas começaram uma campanha. Muitos estão apoiando o movimento.


Até então, Pantera Negra 2 aconteceria na Marvel. Se o estúdio continuar com o filme, os fãs pedem que outro ator não seja colocado no lugar de Chadwick Boseman como o Rei T’Challa, personagem dos Vingadores.

Na opinião dos fãs, a Marvel pode ter um novo Pantera Negra. Mas, deve ser com outro personagem usando o manto do herói.

Entre os nomes indicados pelos internautas estão os de Shuri, de Letitia Wright, e o de Erik Killmonger, de Michael B. Jordan, que rumores indicavam uma volta em Pantera Negra 2.

A intenção dos fãs, vale dizer, é demonstrar que o legado de Chadwick Boseman seja mantido (como aconteceu com Paul Walker na franquia de Velozes e Furiosos). Todos estão lamentando a despedida do astro da Marvel.

Confira abaixo a reação dos fãs.

Chadwick Boseman ainda terá um filme na Netflix

Antes de falecer, Chadwick Boseman conseguiu terminar as gravações do drama Ma Rainey’s Black Bottom. O longa já chamava atenção pela história e pelo elenco.

O que se sabe é que Ma Rainey’s Black Bottom foi anunciado pela Netflix ainda em 2019. No mesmo ano, as gravações teriam acontecido em julho.

O filme traz a Rainha do Blues, Ma Rainey, como a principal personagem. Ela é vivida por Viola Davis.

O longa com o astro da Marvel é baseado em uma peça de August Wilson. A história se passa em 1927, em uma tumultuada sessão de gravação de Ma Rainey.

O ator de Pantera Negra entra na história com o essencial papel do trompetista Levee. Como indica a sinopse, ele também tem bastante destaque nessa trama.

A descrição do filme da Netflix traz que na gravação, a destemida Ma “começa uma batalha contra o empresário branco e a produtora sobre o controle de sua música”. Enquanto isso, na sala de espera da gravadora, o personagem de Chadwick Boseman deve assumir o controle.

“Enquanto a banda espera na claustrofóbica sala de ensaio, o trompetista Levee (Chadwick Boseman) – que está interessado na namorada de Ma e está decidido a deixar a própria marca na indústria da música – estimula os seus colegas músicos com histórias reveladoras que vão mudar o curso de suas vidas”, completa a sinopse do filme.

O elenco tem ainda Glynn Turman, Colman Domingo e Michael Potts. A direção é de George C. Wolfe e o roteiro fica com Ruben Santiago-Hudson.

O último filme do astro de Pantera Negra, da Marvel, ainda não tem previsão na Netflix.