Antes de Dakota Fanning ser escalada para os filmes da Saga Crepúsculo, ela era tão obcecada pelos filmes quanto qualquer outra pessoa.

Embora Fanning tivesse um extenso currículo próprio até aquele ponto, ela também foi varrida pela comunidade de fãs e, como a maioria dos adolescentes de sua idade, havia lido os livros com um fervor voraz.

Então, quando ela foi escalada nos filmes, ela ficou emocionada ao ter a oportunidade de ajudar a dar vida à história.


Embora Fanning não tenha aparecido em todos os cinco filmes da Saga Crepúsculo, ela teve um papel substancial em A Saga Crepúsculo: Lua Nova, A Saga Crepúsculo: Eclipse e A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2. Escalada como Jane Volturi, ela foi um dos membros mais poderosos da guarda.

Os fãs da franquia vão se lembrar que os Volturi servem como membros da realeza dos vampiros e se encarregam de garantir que outros vampiros sigam seus estatutos. Essas leis incluem permanecer discreto e não matar desnecessariamente.

Embora a personagem de Fanning seja uma das mais jovens do clã Volturi, ela é certamente uma das mais poderosas. Capaz de infligir danos intensos com apenas um único olhar, a representação de Jane por Fanning permitiu que os fãs a vissem sob uma luz inteiramente nova.

Como os filmes da Saga Crepúsculo foram uma das primeiras vezes que os fãs viram a abordagem de Fanning de alguém verdadeiramente má, foi uma experiência única para eles.

O comportamento calmo e ao mesmo tempo arrepiante de Jane tornou a personagem divertida de assistir.

De sua parte, Fanning sabia que o papel de Jane era diferente do que ela fez no passado.

Em uma entrevista para a Entertainment Weekly, a atriz de O Alienista contou que ela sabia que entrar para a franquia Crepúsculo poderia produzir um pouco de valor de choque para os fãs que haviam seguido de perto sua carreira. Mas, ela apenas considerou isso como parte do curso.

“Acho que as pessoas e os fãs da série que me viram no filme me verão de uma maneira diferente, mas acho que ser atriz é isso”, confessou Fanning sobre interpretar Jane.

“É conseguir se manipular para se encaixar nas personagens.”

“Acho que seu trabalho é ser uma tela em branco e assumir suas personagens, então é isso que eu amo fazer. E adoro interpretar todos os tipos de pessoas. E, sim, surpreendi as pessoas com meus olhos vermelhos, eu acho.”

Segredo da produção

Falando dos olhos vermelhos, Fanning admitiu que houve muito trabalho para tornar seus olhos especialmente vermelhos. Embora a maioria dos fãs saiba que a atriz estava usando lentes de contato, muitos não percebem que as lentes foram pintadas à mão para atingir o tom assustador.

“Elas são lentes de contato pintadas à mão”, Fanning revelou sobre os acessórios que ela usou nos filmes de Crepúsculo.

“Eu nunca usei nada nos olhos antes, então foi definitivamente uma sensação que eu nunca experimentei.”

“Mas eles têm alguém para colocá-las e tirá-las. Você pode senti-las. Mas você se acostuma depois de um tempo.”

As lentes de contato podem ter sido um pouco incômodas, mas Fanning admitiu que definitivamente a ajudaram a entrar na personagem.

“Eu acho que você automaticamente tem uma aparência meio assustadora, não importa o que você esteja fazendo ou dizendo, então isso definitivamente ajuda”, disse a atriz sobre as lentes de contato.

No Brasil, os filmes de Crepúsculo estão agora disponíveis no Amazon Prime Video.