A Disney argumenta que nenhum ator é maior do que uma marca e, na maioria dos casos, isto está completamente correto.

Star Wars tem prosperado por mais de 40 anos, apesar de reorganizar o elenco em várias ocasiões, e o MCU sofreu recentemente as perdas de Robert Downey Jr. e Chris Evans, mas ninguém espera que o público se afaste só porque duas das maiores estrelas da franquia não fazem mais parte dela.

No entanto, a relação entre Johnny Depp e Piratas do Caribe é diferente. Para a maioria dos fãs, o ator é o rosto de toda a saga, e a ideia de um filme sem seu envolvimento não os interessa nem um pouco.


Quando o ator de 57 anos foi originalmente retirado de seu papel icônico como Jack Sparrow, houve indignação, e as coisas não melhoraram quando foi anunciado que uma sexta parte e um derivado estavam em desenvolvimento, nenhum dos quais contando com o Capitão Sparrow.

A arrecadação de bilheteria de Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar já ficou drasticamente abaixo das três sequências anteriores, e sem o principal ponto de venda de toda a franquia, você imaginaria que os números cairiam ainda mais se a saga não pudesse contar com Jack Sparrow para ancorar a campanha de marketing e vender mais uma nova parte para as massas.

A Disney tem três escolhas óbvias de como proceder aqui, então.

O futuro sem Johnny Depp

Eles poderiam trazer Depp de volta, mas como sabemos que eles querem sangue novo para ser o destaque da franquia no futuro, ele provavelmente seria relegado a um papel secundário de apoio.

Alternativamente, eles poderiam fazer filmes sem ele e correr o risco de alienar a base de fãs, ou então ele poderia conseguir uma participação especial em que fosse morto ou eliminado.

Essa última opção parece mais provável nesta fase, dados os contínuos problemas legais de Johnny Depp.

E, como mencionado acima, se eles esperam evitar a reação negativa dos fãs, eles precisam trazer Jack Sparrow de volta com pelo menos alguma importância para dar a ele uma despedida. Tê-lo de volta em uma participação especial e “aposentar” o personagem dessa forma aparentemente agradaria a todas as partes.

No Brasil, todos os filmes de Piratas do Caribe, da Disney, estão disponíveis no Amazon Prime Video.