Baseada na série de livros de E.L. James, 50 Tons de Cinza se tornou uma bem sucedida franquia no cinema, com o primeiro filme lançado em 2015 e protagonizado por Jamie Dornan e Dakota Johnson.

50 Tons de Cinza conta a história de Anastasia Steele, uma jovem e inocente jornalista que é introduzida ao mundo do sadomasoquismo pelo bilionário sexy Christian Grey, vivido por Dornan.

O último filme da franquia, 50 Tons de Liberdade, estreou recentemente na Netflix. Além de trazer grandes reviravoltas, o filme dá o desfecho definitivo para a história de Anastasia e Christian Grey.


Quem já conferiu o desfecho de 50 Tons de Liberdade quer saber: a franquia tem chances de ganhar mais filmes ou derivados?

Confira abaixo!

Possibilidade interessante

Para quem espera ver Jamie Dornan mais uma vez como o dominador Christian Grey, as notícias não são das melhores. Embora tenha chamado o fim das gravações de 50 Tons de Liberdade de “agridoce”, o astro confirmou não ter planos para retornar em uma sequência ou derivado.

“Estou ficando muito velho para isso! Além disso, não existem outros livros para serem adaptados. Na verdade, a E.L. James chegou a escrever mais dois volumes contados sob a perspectiva do Christian, mas acho que já vimos tudo isso nos filmes”, afirmou o ator.

Em uma entrevista separada, Dakota Johnson também confirmou que 50 Tons de Liberdade foi sua última aventura na pele de Anastasia.

“Sim, é o último filme. É o último filme dessa franquia”, explicou a atriz no programa de Jimmy Fallon.

Porém, Christian não é o único membro da família Grey com vários tons diferentes. Mia Grey, interpretada por Rita Ora, pode ser escolhida para carregar a franquia no futuro.

Em 50 Tons de Liberdade, Mia assume um papel mais importante, sendo sequestrada por um dos inimigos de Christian, o que aumentou ainda mais os rumores sobre um potencial derivado focado na personagem.

“Acho que podemos fazer uma sequência por tudo que aconteceu durante o sequestro. Eu adoraria mesmo participar de um derivado, já que não quero ver essa franquia chegar ao fim”, afirmou a atriz e cantora.

Rita Ora também faz parte da trilha sonora de 50 Tons de Liberdade; veja abaixo!