Enola Holmes, com Henry Cavill e Millie Bobby Brown (a Eleven de Stranger Things), ainda nem estreou na Netflix e já está gerando controvérsia. Mas não pelos fãs e sim em razão de um processo feito por parte dos herdeiros de Sir Arthur Conan Doyle, autor de Sherlock Holmes.

Segundo os herdeiros (via THR), o filme acaba infringindo os direitos autorais das obras finais de Conan Doyle. Grande parte das histórias de Sherlock Holmes já são domínio público, mas as últimas publicações de Doyle ainda são protegidas por direitos autorais.

Segundo os herdeiros, o filme com Henry Cavill e a estrela de Stranger Things mostra Sherlock Holmes com emoções, com isso, ele estaria utilizando material das últimas histórias com o detetive, escritas entre 1923 e 1927.


“Na Primeira Guerra, Conan Doyle perdeu seu filho mais velho, Arthur Alleyne Kingsley. Quatro meses depois, ele perdeu seu irmão, Innes Doyle. Quando Conan Doyle retornou a Holmes nas histórias protegidas por direitos autorais, entre 1923 e 1927, não era mais o suficiente que o personagem Holmes fosse a mente mais brilhante, racional e analítica”, diz o processo.

“Holmes precisava ser humano. O personagem precisava desenvolver conexões humanas e empatia”, continua o processo.

Essa não é a primeira vez que uma obra com Sherlock Holmes é processada por mostrar o personagem com emoção. O filme Sr. Sherlock Holmes, estrelado por Ian McKellen, também foi processado pelo mesmo motivo. No fim, os herdeiros e os produtores do longa entraram em acordo.

Continuação?

Apesar de toda essa polêmica, de acordo com o WGTC, a gigante do streaming vê o filme de aventura e mistério para família como o candidato ideal para explorar sequências.

Isso faz todo o sentido, visto que o orçamento de Enola Holmes certamente não foi tão custoso em comparação com seus filmes mais caros, e se o longa-metragem se provar tão popular quanto a empresa espera que seja e os números de visualização corresponderem ao consenso dos críticos quando ocorrer o lançamento, então o portfólio de franquias originais da Netflix se expandirá ainda mais à medida que Enola Holmes imita seu irmão mais famoso, Sherlock Holmes, ao assumir o centro do palco.

Como sempre vale destacar em casos como este, no entanto, o We Got This Covered não é a fonte mais privilegiada para estas informações. Portanto, trate o relatório como um rumor.

O elenco de Enola Holmes conta com Millie Bobby Brown (Stranger Things) como a personagem do título e Henry Cavill (O Homem de Aço) como Sherlock Holmes.

Ambientado em 1884 na Inglaterra, Enola Holmes segue a personagem titular enquanto tenta encontrar sua mãe (Helena Bonham Carter) após um misterioso desaparecimento na manhã do aniversário de 16 anos dela.

Enola conta com a ajuda de seus agora guardiões e irmãos Sherlock e Mycroft em sua busca para descobrir a verdade. Somente a sinopse prova que esse é um papel que está longe daquilo que os fãs estão acostumados a ver em Stranger Things.

Além disso, os espectadores encontram a atriz com um visual diferente. O mesmo vale para a outra estrela de Enola Holmes, Henry Cavill.

No elenco, Sam Claflin é Mycroft. A direção é de Harry Bradbeer. A trama é adaptada da série de livros Os Mistérios de Enola Holmes.

Enola Holmes estreia em 23 de setembro, na Netflix.